O Google resolveu adicionar em sua campanha de igualdade de gênero uma série novinha de emojis que retratam o papel das mulheres na realidade atual da sociedade. Foram incorporados 13 sugestões de emojis, desse total, 11 receberam aval do Unicode Consortium, que é um órgão responsável por aprovar novas “representações”.

De acordo com o “#Google”, as diferenças relatas de gêneros eram mais evidentes nas figuras representativas das profissões.

"As mulheres simplesmente não eram representadas em nenhuma atividade profissional. Cabiam a elas, os papéis de princesa e noiva."

Com essas mudanças, as mulheres agora vão encontrar suas representações com outros parâmetros como: área médica, cientifica, programação, metalúrgica, educacional, cozinha, musica, e vários outros.

Publicidade
Publicidade

(E claro, os tons de pele também pode ser uma escolha para cada representatividade).

As mudanças não param por aí. O Unicode também adaptará outras versões para todos os emojis que já estão no aplicativo. Ou seja, vai aumentar ainda mais o número de possibilidades de figuras a serem usadas, além das novas que serão colocadas. 

Com as novas mudanças, busca-se maior interação e também conscientização quanto ao gênero e o respeito pelo mesmo. Essas questões vêm sendo muito discutidas e acalentadas em todo mundo e o desejo para que a concordância e a igualdade sejam atingidas dentro dos direitos de cada um faz com que cheguemos a interesses comuns entre os usuários.

É apenas uma figura interativa que serve como comunicação e brincadeira, mas que ajuda e muito como ferramenta de conscientização sobre gêneros.

Publicidade

Que isso sirva para que as pessoas entendam que não é uma maneira separatista e sim um direito de cada um se expressar da forma como se quer verdadeiramente. E que chegue logo, pois a curiosidade está grande.

De acordo com o site “The Verge”, essa novidade deve chegar aos dispositivos Android e em outras plataformas Google em breve, na próxima atualização do Unicode. Ansiedade a mil!

Ei Apple, fique de olho, pois queremos essas gracinhas também.