Em uma nova entrevista ao site do Reino Unido MCV, o chefe de Marketing do Xbox dá mais informações sobre dois dos assuntos mais interessantes e intrigantes dos últimos meses, no mundo dos games, que são o lançamento do Xbox Scorpio e a possibilidade de cruzamento de jogabilidade entre o Xbox One e o PlayStation 4.

A #Microsoft estará "muito focada em atribuir valor aos pacotes e o que você receberá por aquele preço", disse ele.

No início deste mês, o chefe da Xbox Phil Spencer disse que a revelação do Scorpio não irá "ofuscar" o Xbox One S. Algumas pessoas acreditavam que o anúncio do Scorpio do Microsoft poderia afetar as vendas do Xbox S, mas, aparentemente, não foi o caso.

Publicidade
Publicidade

O Xbox One superou o PS4 nos EUA durante o mês de julho (antes do #xbox one s ter sido lançado) e a Microsoft está otimista em relação à quantidade de consoles a ser vendidos em agosto.

Na entrevista com a MCV, Greenberg se referiu novamente ao Scorpio como o "console mais poderoso já criado", com uma GPU de seis teraflop (altíssima capacidade de processamento). Ele também disse que o sistema representa o "próximo grande salto à frente na inovação para jogos" e é algo que nunca foi feito antes no console. Ele provavelmente se refere ao fato de que a Microsoft está pela primeira vez tratando o Xbox como uma família de dispositivos.

Os jogos e acessórios que você já possuir para Xbox One ou Xbox One S funcionarão no Scopio. Nas transições anteriores entre consoles, como Xbox 360 para Xbox One, os jogos e controles da máquina antiga basicamente se tornaram inúteis no novo console.

Publicidade

No entanto, o suporte de retrocompatibilidade no Xbox One ajudou um pouco contra isso. O Scorpio vai ainda mais longe e "apaga" a ideia de uma geração de console e facilita a natureza de "rompimento" ao se mudar para uma nova plataforma, de acordo com a Microsoft.

"Nós anunciamos [o Scorpio] cedo na E3 para que pudéssemos começar a trabalhar com desenvolvedores e parceiros pois já sabíamos que iriam querer tirar proveito dessa incrível quantidade de energia e ter mais um bom ano para possibilitar seu planejamento", disse Greenberg.

O lançamento do Scorpio está agendado para o final de 2017, embora os preços ainda não tenham sido anunciados. Por outro lado, a Sony está trabalhando em um PS4 potente, cujo nome é Neo, e que pode ser revelado oficialmente em setembro.

Também na entrevista à MCV, Greenberg foi perguntado sobre uma atualização de status que finalmente permita um suporte para permitir cross-play entre o Xbox One e o PS4. Como já tem sido há meses, tudo indica que a questão ainda está sendo analisada pela Sony.

Publicidade

Um dos primeiros jogos que poderiam suportar a jogabilidade cruzada entre o Xbox One e o PS4 é Rocket League. O desenvolvedor Psyonix já tem a solução técnica para permitir isso, mas a questão ainda está na esfera política.

"Em relação à possibilidade de conexão com os jogadores na PlayStation Network, nós apoiamos plenamente. E eu acredito que eles estão conversando com a Sony sobre isso, mas eu não tenho informações mais atualizadas", disse Greenberg.

Ao falar sobre cross-play de modo geral, Greenberg disse que um jogo como Rocket League, "possui lógica ao permitir que jogadores de outras plataformas possam competir nas mesmas arenas. Nós achamos que seja bom para os jogadores."

"Nossa estratégia é colocar os jogadores no centro de tudo o que fizermos, o que nos levou a apoiar coisas como um desenvolvedor que deseje se conectar às pessoas no Steam, por exemplo", acrescentou. "Eles estão fazendo isso hoje." #ps4 neo