Certas pessoas possuem tino para os negócios, transformando coisas impensáveis em uma forma de ganhar dinheiro. Enquanto para algumas pessoas o Pokémon Go, maior febre do momento, não passa de uma diversão, outros estão lucrando com ele. Veja como:

Venda de contas

Uma professora britânica chamou a atenção da mídia por tomar uma atitude radical: abandonou o emprego, onde recebia cerca de 2,6 mil dólares mensais, para se tornar uma jogadora de #Pokémon Go em tempo integral. Como assim?

Seu trabalho será de "evoluidora de pokémon", ou seja, conseguir um nível alto nos jogos e depois passar a conta para outra pessoa. Segundo ela, contas evoluídas, a partir do nível 20, podem ser vendidas por até mil libras, algo em torno de 4 mil reais. 

Criar "points para caçadores de pokémons"

Alguns locais concentram um grande quantidade de pokémons valiosos, o que acaba atraindo um grande número de pessoas.

Publicidade
Publicidade

Foi o que aconteceu com a rua onde uma garotinha americana mora. Percebendo que dezenas de pessoas ficavam circulando atrás dos animais virtuais, nos arredores de sua residência durante o dia, a menininha resolveu montar uma barraquinha com refrescos e lanches no jardim de sua casa, mirando os jogadores como principal público alvo. A ideia deu mais do que certo.

Treinador de aluguel

Muitas pessoas querem evoluir suas contas  no jogo aos níveis mais altos. Mas, por causa do trabalho e dos estudos, não têm tempo suficiente para se dedicar a esse objetivo. Percebendo esse fenômeno, um jovem teve uma ideia inusitada: colocou um anúncio na internet  oferecendo o serviço de "treinador de aluguel", ou seja, jogar na conta de outra pessoa enquanto ela está muito ocupada. E acabou encontrando muitos interessados no serviço.

Publicidade

Os clientes pagam até 20 dólares por hora jogada.

Porém a Niantic - produtora do jogo, condena a prática de venda ou aluguel de contas. Segundo ela, a prática de obter altos níveis no jogo através do esforço alheio seria trapaça. A pedido dela, ofertas de serviços dessa natureza estão sendo removidos de sites de classificados.

"Poker uber"

Tem muita gente causando acidentes  de trânsito por estar distraído no app. Pensando nisso, alguns motoristas dos EUA  passaram a oferecer o serviço de táxi direcionado para os jogadores de Pokémon. Por 25 dólares por hora, eles dirigem pelos locais onde concentra-se uma grande quantidade dos bichinhos, permitindo que os jogadores os capturem sem causar acidentes. O serviço logo foi apelidado de "Poker uber". No Brasil, alguns motoristas já começaram a copiar a ideia.

É como se diz em um ditado comum no mundo dos negócios: onde há problemas, surgem oportunidades. #Android #Apple