O jogo mais famoso da atualidade, Pokémon GO, está proibido no Irã. De acordo com o Conselho Superior dos Espaços Virtuais, órgão que supervisiona todas as atividades online no país, a proibição se deu por motivos de segurança. No entanto, as razões não foram especificadas. 

O Irã não é a primeira nação que mostra preocupação com os aspectos de segurança que envolvem o game, mas é o primeiro a banir o jogo por este motivo. Outro país que decidiu banir o jogo foi a Arábia Saudita. Lá, a explicação é que o game vai contra o que prega a religião muçulmana. 

Pokémon GO: bizarrices e teorias 

Desde que foi lançado pela Niantic em julho, o jogo se tornou uma febre mundial.

Publicidade
Publicidade

E assim como qualquer grande sucesso, o game que usa realidade aumentada também está no centro de diversas polêmicas e teorias da conspiração. 

Basta um rápido giro pela web para encontrar notícias bizarras sobre o jogo. Não dá nem para contar quantos treinadores tiveram seus aparelhos roubados enquanto caçavam os monstrinhos. Há ainda relatos de acidentes de carro e quedas de jogadores distraídos. Uma garota encontrou um cadáver enquanto jogava e, recentemente, um garotinho de 9 anos morreu afogado ao entrar em rio na busca de um Pokémon. Aparentemente, os riscos são tantos que um banco da Rússia criou um seguro para proteger jogadores de Pokémon GO.

Além disso, os monstrinhos também causam polêmicas por aparecerem em locais muito inusitados e que, teoricamente, não dariam espaço para piadas e diversão, como o Museu do Holocausto e o Museu do 11 de Setembro, locais criados para mostrar as tragédias que já foram causadas pela intolerância e fanatismo. 

Além das notícias tristes, há também teorias que colocam qualquer conspirador maluco no chinelo.

Publicidade

Uma delas afirma que o jogo foi desenvolvido pelo FBI e CIA e está recolhendo todos os dados dos usuários. 

Não bastasse isso, há também uma teoria que afirma que o jogo mais popular do momento é na verdade obra do Diabo. Alguns profetas do apocalipse afirmam que o jogo é uma armadilha do “senhor das trevas” para capturar a alma de nossas crianças. Não são poucos os religiosos – das diferentes origens e regiões do mundo – que aconselham que os pais não permitam que seus filhos baixem o aplicativo. #Pokémon Go #É Manchete! #Games