Aqui no Brasil estão todos aguardando a chegada do "Pokémon Go", mas lá fora, nos países onde o game já está disponível, os "treinadores" estão se dedicando ao máximo e já tem até um deles que conseguiu chegar ao nível 40, ou seja, foi o primeiro a zerar o jogo de realidade aumentada, um feito digno de aplausos, já que é preciso muita determinação e dedicação para chegar a um nível tão avançado.

O usuário logo se tornou um ícone entre os admiradores do game, afinal é preciso andar muito e se dedicar bastante para conseguir capturar os 142 monstrinhos, só que a fama do rapaz durou pouco, porque foi revelado que ele trapaceou.

Publicidade
Publicidade

O fantástico jogador foi quem revelou sua própria mentira e contou que bastou usar um "bot" para zerar "Pokémon Go".

O "bot" é um dispositivo exclusivo para fazer com que "#Pokémon Go" seja testado ao extremo, atingido o seu limite. E como esse é o sonho de todo "treinador", está todo mundo agora querendo aprender a fazer isso, mas o rapaz já avisou que não vai ensinar ninguém a zerar o game e muito menos ficar respondendo às muitas perguntas que estão sendo feitas a ele.

"Não quero estragar a diversão de ninguém", informa o primeiro a zerar "Pokémon Go", mas que admitiu não ser merecedor dos créditos, já que não foi jogando normalmente que ele alcançou tal feito.

Enquanto o usuário Reddit "game._problemz" sente o gostinho de ter zerado o jogo, mesmo que de forma nada convencional, os brasileiros continuam lamentando que o país tenha sido deixado de lado.

Publicidade

A última previsão avisava que neste último domingo, dia 31 de julho, o game estaria sendo lançado por aqui, o que não aconteceu, para decepção de todos. A empresa estaria com problema nos servidores, que não conseguem dar conta de tantos usuários online e disponibilizar "Pokémon Go" em novos países só iria comprometer ainda mais a infraestrutura, que já está tão comprometida.

As últimas informações sobre "Pokémon Go" é de que, enquanto os servidores não tiverem um grande reforço, o game não será lançado em outros países, pois caso isso seja feito, sem as condições necessárias, o sistema poderá sofrer uma pane e prejudicar a todos, ou seja: não há previsão do game de realidade aumentada chegar ao Brasil. #Entretenimento #Games