De acordo com um recente estudo realizado por pesquisadores do Hospital do Mar e do Instituto de Saúde Global (ISGlobal), da cidade de Barcelona, na Espanha, duas horas semanais de #Videogame pode trazer inúmeros benefícios, porém, um exagero nesta atividade já pode ser ligado a problemas de conduta e menores capacidades sociais.

O estudo foi divulgado na revista científica "Annals of Neurology" com o intuito de orientar sobre a carga horária semanal mais apropriada para que crianças em idade escolar passem jogando videogame. A análise liderada pelo Dr. Jesús Pujol, médico do serviço de Radiologia e também pesquisador, procura encontrar a associação entre as horas semanais dedicadas ao videogame e certas capacidades intelectuais e problemas de conduta em 2.442 crianças com idades entre 7 e 11 anos.

Publicidade
Publicidade

O resultado mostrou que crianças que praticam a atividade tem melhores habilidades motoras e inclusive, um rendimento escolar superior, sendo duas horas por semana já o suficiente para obter estas vantagens. Também foi constatado que jogar mais de 9 horas semanais está ligado a problemas de conduta, conflitos entre companheiros e dificuldades no convívio social.

Através da análise da ressonância magnética cerebral de um subgrupo de crianças foi constatado que o uso de videogames estava relacionado a um melhor funcionamento de circuitos cerebrais essenciais para a conquista de novas habilidades por meio da prática. Segundo Pujol, os circuitos são os gânglios basais e os lóbulos frontais. Ainda de acordo com o médico, as crianças adquirem as habilidades motoras normalmente através da ação, como por exemplo, a prática esportiva.

Publicidade

O estudo sugere agora que a interação com outros aparelhos, como o computador, sejam também capazes de remodelar os circuitos cerebrais responsáveis pela assimilação de novas capacidades motoras.

Como conclusão, os pesquisadores viram que videogames por si só não são nem benéficos nem maléficos, mas a quantia de tempo aplicada nesta atividade faz com que isso se torne algo bom ou não. #Tendências #Games