Quando a Nintendo lançou o seu console mais recente, o Wii, muitos analistas da indústria acreditavam que o videogame cairia rapidamente no esquecimento. Na época (novembro de 2006), a filosofia dominante era de que o sucesso na indústria dos videogames dependia da capacidade de produzir a máquina mais rápida e mais potente do mercado. Confrontado com a concorrência de consoles, como o Xbox 360, da Microsoft, e o PlayStation 3 (PS3), da Sony, sendo que ambos se encaixavam nas crenças dos analistas, a estratégia da #nintendo de construção de um console em torno de um hardware muito mais simples e menos potente levantou muitas questões sobre a viabilidade do #wii.

Publicidade
Publicidade

Vamos avançar para o final de 2008 e considerar os números. Em novembro e dezembro de 2008, a Nintendo vendeu 4,1 milhões de consoles Wii, a Microsoft vendeu cerca de 2,2 milhões de Xbox 360 e Sony vendeu 1,1 milhões de PS3. Isso mesmo, a Nintendo vendeu mais consoles do que seus dois principais concorrentes juntos. Em termos de crescimento anual para esse mesmo período, as vendas do Xbox 360 tiveram um aumento modesto, e as vendas do PS3 realmente caíram. E para o Wii? Durante este mesmo período, as vendas do Wii dobraram. Em questão de software, a indústria de videogames como um todo, viu as vendas de softwares aumentarem em 26%. Com isso em mente, considere que os quatro jogos mais vendidos de 2008 foram todos exclusivamente para o Wii. O jogo mais vendido, o Wii Play, vendeu mais do que o Grand Theft Auto 4 para Xbox 360 e PS3.

Publicidade

Considere também que as vendas crescentes de hardware e software ocorreram em meio a uma recessão profunda.

Então o que exatamente deu a Nintendo essa vantagem? Parte disso certamente está ligado ao seu design de hardware. Ao projetar sua próxima geração de consoles, a Sony e a Microsoft investiram tempo e recursos para projetar sistemas de processamento totalmente novos e vários novos recursos para tornar suas máquinas mais versáteis. Por exemplo, o PS3 incluía um aparelho de Blu-Ray. O hardware para o modelo de PS3 original custa quase US$ 700 por unidade e embora a Sony tenha conseguido reduzir os seus custos no modelo atual em 35% com base no modelo anterior, ela permanece no vermelho e ainda tem de lucrar sobre as vendas do console. Além disso, após várias reduções, o modelo atual ainda é vendido por US$ 399, pelo menos, US$ 150 a mais do que seus dois concorrentes. A Microsoft quase não teve as mesmas dificuldades que a Sony para tornar o seu console rentável, no entanto, recentemente teve de introduzir cortes de preços para seus consoles.

Publicidade

A Nintendo, por outro lado, escolheu usar um sistema de processamento mais simples e menos dispendioso.

Os aspectos gerais de jogo, do Wii, também variam em relação aos dos seus concorrentes. Enquanto o Xbox 360 e o PS3, em muitos aspectos, parecem ser versões maiores, mais fortes, mais rápidas de seus antecessores, o Wii – com um sistema de captura de movimento integrado – de muitas maneiras, ofereceu aos jogadores algo novo. A Nintendo não está se voltando somente para os usuários. Tradicionalmente, o principal mercado para os videogames tem sido dominado por jogadores adolescentes e jovens adultos do sexo masculino. Com o Wii, a Nintendo espera alcançar um apelo mais familiar e amigável – com títulos como o Wii Fit e o Wii Music. O jogo mais vendido de 2008 – o Wii Play – inclui jogos básicos como piscina, pingue-pongue e tiro ao alvo. Com ofertas como essas, o Wii oferece um entretenimento relativamente barato em casa para toda a família.

Quando questionado sobre os rumos futuros do software da Nintendo, o seu chefe de designer de jogos, Shigeru Miyamoto, comentou que seu objetivo era tornar o Wii "uma necessidade para cada lar". Baseado no recente sucesso do Wii, parece que a Nintendo começou com o pé direito. #case de sucesso