Uma baita dor de cabeça para os consumidores do jogo No Man's Sky, lançado no dia 9 do último mês. Na verdade, não só para os consumidores, mas também para as duas empresas responsáveis pelo jogo - Valve e a Hello Games - que contribuíram para uma avalanche de críticas negativas. Elementos do material de divulgação, importantes para o desenvolvimento do enredo, não foram encontrados no game gerando muita frustração.

Agora, #no man's sky está sendo investigado pela Advertising Standards Authority, conhecida pela sigla ASA, o órgão responsável pela regulamentação da publicidade no Reino Unido, devido a sua propaganda enganosa.

Publicidade
Publicidade

As empresas terão que apresentar uma justificativa plausível, porém não se sabe como será a investigação uma vez que a ASA trabalha em sigilo absoluto no decorrer do seu andamento.

E se você pensa que essa é a primeira vez que o game e seus colaboradores se envolvem em conflito, está enganado. Antes mesmo de ter uma data de lançamento, os desenvolvedores estavam recebendo ameaças de morte devido aos atrasos. A princípio o game chegaria ao mercado online no dia 21 de julho no território norte-americano, mas acabou sendo adiado para 9 de agosto no console #ps4. Com isso, as datas na Europa e Reino Unido também sofreram alterações, dia 10 e 12 de agosto respectivamente. Não haviam revelado uma data de lançamento nos países da América Latina.

Após se pronunciar nas redes sociais justificando o atraso, o diretor do game Sean Murray recebeu ameaças de morte dos fãs enlouquecidos: 

“Eu recebi toneladas de ameaças de morte nesta semana, mas não se preocupem: a Hello Games agora parece a casa de 'Esqueceram de Mim' #FortedeTravesseiro”

E não foi só ele, um dos redatores do site Kotaku, responsável por vazar o atraso de No Man’s Sky dois dias antes do anúncio oficial acabou também sendo vítima de ameaças de um leitor insatisfeito:

“Seu pequeno artigo sobre No Man’s Sky ser atrasado me fez odiar você do fundo do coração.

Publicidade

É a única coisa pela qual eu vivo, e você vai e escreve essa besteira sobre um atraso. No lugar de ir visitar Londres no fim deste mês, eu acho que vou passar aí e dizer oi para você, e acabar com você”, disse uma das mensagens de ameaça ao jornalista Jaso Schreier. “Você acha que pode sair dessa fácil assim? Fazer piada de nossa página do reddit também? Soa como se você quisesse morrer. Nós vamos achar você”, disse o fanático.

Com tudo isso, houve outra polêmica no mês passado sobre a Amazon, Sony e a Steam oferecerem reembolso aos jogadores afetados devido ao desempenho ruim do game. 

Resta agora esperar por atualizações urgentíssimas para No Man's Sky não perder mais ainda a sua credibilidade.