O Twitter tornou-se uma das principais redes sociais para os brasileiros, onde é possível postar apenas mensagens breves, mas, mesmo assim, é uma plataforma ágil, onde as notícias sempre chegam primeiro.

No Twitter, você fica sabendo quais são os assuntos do momento, encontra os melhores memes, postagens divertidas, notícias em tempo real dos acontecimentos. Éo local ideal para quem gosta de agilidade e ficar sempre muito bem informado, além é claro, de se divertir e também protestar. Sendo tão querido assim, a notícia de que o #twitter pode ser colocado à venda deixou os usuários bastante preocupados.

Acontece que o número de usuários encontra-se estagnado já há algum tempo e tem ainda o problema da monetização, pois o Twitter continua mantendo um visual limpo, sem propagandas e, assim, consegue ficar livre da poluição visual, porém, o lado financeiro fica sacrificado.

Publicidade
Publicidade

A até bem pouco tempo atrás, a empresa negava todo e qualquer comentário de uma possível venda, mas a história mudou. A diretoria está se reunindo para definir os detalhes e o "passarinho azul" ser oferecido ao mercado.

O medo dos usuários não é de que a rede social acabe, porque, certamente, o comprador não vai querer perder este ótimo negócio. O que tira o sono de quem tem uma conta no Twitter é que sua política mude, por exemplo, se for o Facebook que fizer o maior lance, terá mais uma plataforma à sua disposição, sendo que hoje já é dono do WhatsApp e também do Instagram.

Geralmente, quem gosta do Twitter, odeia o Facebook. São redes sociais bem diferentes, cada uma tem suas característica próprias e os usuários de uma, quase sempre, não curtem muito a outra. Integrar o Facebook ao Twitter e modificar o sistema de postagem no segundo, seria, para muitos, o caos e o fim de uma era.

Publicidade

Pode até parecer exagero, mas quem é usuário do Twitter sabe que, por lá, as coisas acontecem realmente rápidas, as notícias chegam em tempo real, o visual é clean e qualquer mudança que seja anunciada quase sempre não é bem vista, por menor que seja. Se o comprador do Twitter fizer grandes modificações, certamente será uma verdadeira catástrofe para os usuários.

O Facebook ofereceu 2 bilhões de dólares, mas o Google surpreendeu a todos ao oferecer 10 bilhões. Independente do comprador, o novo proprietário do Twitter irá promover mudanças, afinal, a compra será um investimento e o retorno financeiro terá que acontecer. Se, do jeito que está, o Twitter não dá bons resultados, então será preciso fazer algumas alterações e é por isso que os usuários estão apreensivos.

Você é contra ou a favor da venda do Twitter? Deixe abaixo sua opinião. #Tecnologia #Internet