A aguardada função de chamadas de vídeo no #WhatsApp finalmente está disponível, trazendo um novo recurso para os usuários do aplicativo de mensagens instantâneas mais popular do mundo. A novidade chega às versões do app para Android, iPhone e Windows Phone.

De acordo com os responsáveis pelo programa, a nova função do WhatsApp, que estava em fase de testes há quase um mês começou a ser liberada, e em breve estará disponível para todos os usuários do app (são mais de 1 bilhão de pessoas, em todo o mundo).

Ainda conforme o WhatsApp, em texto postado no blog oficial da empresa, o objetivo é fazer com que a #Tecnologia de chamadas de vídeo pelo #Celular esteja disponível para todos, e não apenas para as pessoas que tenham condição de comprar smartphones mais caros ou que moram em países com os melhores serviços de telefonia móvel.

Esse mesmo recurso já é oferecido por diversos aplicativos, como Skype, Viber, Google Duo, Facetime e Hangouts, entre outros, e com ele você pode, por exemplo, conversar com parentes que moram em lugares distantes, ver os rostos de filhos e/ou netos que estudam no exterior, mostrar aquela atração turística que está visitando e muito mais.

Como usar

Como fazer chamada de vídeo pelo WhatsApp? Usar a novidade é muito fácil. Basta abrir o app, ir à aba “Chamadas” e clicar no menu de contatos (aquele que fica no canto direito, um símbolo de telefone com o sinal “+”). Em seguida, é só tocar no ícone da filmadora ao lado do contato para o qual deseja ligar (ele também precisa ter o recurso em seu aparelho).

Vale lembrar que a videochamada do WhatsApp é gratuita, mas para usar o recurso você precisa estar conectado à internet, seja via 3G, 4G (há consumo de dados no seu plano) ou Wi-Fi.

A velocidade da conexão pode influenciar na qualidade da ligação, assim como a resolução da câmera do celular.

Outro detalhe é que durante a videochamada, o usuário pode alternar entre a câmera frontal e a traseira do celular, além de silenciar a chamada.

Caso você não encontre o ícone da filmadora, é provável que a ferramenta ainda não tenha chegado ao seu aparelho (deve estar disponível na próxima atualização do app).