Se você é usuário do WhatsApp tem grandes chances de já ter recebido uma tentativa de golpe, onde alguém tentou chamar sua atenção para uma viagem de avião. A mensagem traz um link dizendo que você acaba de ganhar duas passagens aéreas e o motivo de tamanha bondade é que a TAM estaria comemorando seus 50 anos e, por isso, resolveu fazer uma "gracinha". Tudo o que você precisa fazer é clicar no link, responder as 4 perguntas e pronto, já faturou as passagens, mas cuidado, porque isso é um golpe.

Esse golpe vem sendo repassado não só no #WhatsApp, mas em diversas redes sociais, entretanto, é no aplicativo de troca de mensagens que tem conseguido o maior número de vítimas, pois ao clicar no link, não será mostrado nenhum formulário e ao invés disso, será instalado um malware no smartphone.

Publicidade
Publicidade

É aí que começam os problemas porque esse #vírus ficará caladinho em seu aparelho, coletando todas as informações, além de te cadastrar em serviços de mensagens pagas e vai usar seu smartphone para divulgar o golpe para seus amigos, esses que estão em sua lista de contato.

Quem tem maldade e está sempre atento, sabe que esses golpes não são nenhuma novidade e irá simplesmente ignorá-lo. Quem prestar um pouco de atenção, poderá identificar vários erros de português e assim perceber logo que é um golpe. E é importante deixar claro que a TAM, que mudou seu nome para LATAM, não está realizado nenhuma promoção e muito menos fica enviando mensagens assim para usuários de redes sociais e do WhatsApp.

O usuário também poderá notar nesse golpe que a promoção traz um endereço que não é do site da TAM, pois o "101promo.net" é o site que tem o vírus hospedado, pronto para infectar seu smartphone.

Publicidade

Caso você já tenha recebido essa mensagem e clicou no link, então são grandes as chances de seu aparelho já estar infectado. O melhor a fazer agora é informar a todos os seus contatos para que eles não cliquem na mensagem que provavelmente receberão do seu aparelho. Também será preciso cancelar os serviços nos quais foi inscrito, pois o malware irá se encarregar de efetuar os cadastros. E, por fim, instale um bom anti-vírus, atualize-o e deixe ele rodar em seu smartphone para detectar as possíveis pragas. #Tecnologia