Quanto tempo você usa o Facebook diariamente? A resposta poderá ser determinante para saber qual a sua expectativa de vida. É que sociólogos da Universidade da Califórnia, em San Diego, nos Estados Unidos, realizaram um estudo justamente a respeito de uma das redes sociais mais usadas do mundo e descobriram algo surpreendente. De acordo com os sociólogos, a pesquisa mostrou que usar o #Facebook moderadamente proporciona uma maior expectativa de vida.

O estudo foi publicado na última segunda-feira, dia 31 de outubro, na renomada revista "Proceedings of the National Academy of Sciences". No artigo, podemos ver que os dados colhidos de 12 milhões de usuários do Facebook foram comparados com os registros médicos e o resultado foi contra o que especialistas até então vinha avisando, que ficar longe do computador é que garante maior tempo de vida.

Publicidade
Publicidade

Mesmo sendo contestado por muitos, o estudo concluiu que os usuários do Facebook têm muito menos chance de morrer do que aqueles que não acessam a rede social. Logo se instalou uma grande polêmica e William Hobbs, diretor do estudo, teve que emitir um comunicado em que mostrou que o resultado vem a confirmar uma teoria que chegou a ser elaborada no final da década de 70, por uma socióloga, Lisa Berkman, em que ela mostrava que as pessoas que constroem vínculos sociais conseguem adquirir uma expectativa de vida muito mais longa.

Claro que naquela ocasião Lisa se referia a vínculos sociais que eram feitos fisicamente, pois as redes sociais não existiam, mas o estudo mostra que tais vínculos podem ser virtuais mesmo, que já garantem alguns anos mais em nossa vida.

Se você tem o costume de publicar fotos em seu perfil no Facebook e aceita as solicitações de amizade, então você já está estabelecendo os vínculos necessários para criar as interações sociais, é isso que nos dá mais tempo de vida.

Publicidade

Vale lembrar que não adianta começar a usar o Facebook para garantir uma vida mais longa, há vários fatores envolvidos nesta questão, por exemplo, é preciso usar a rede social de forma moderada, para sobrar tempo de praticar atividade física, além dos cuidados com a alimentação e buscar ter uma noite de sono mais tranquila e uma vida com menos estresse. #Comportamento #Saúde