O Robô Laura é o que há de mais avançado no que diz respeito à inteligência de máquinaa. Desenvolvido com tecnologia cognitiva, ou seja com capacidade de aprender, é voltado para a melhoria operacional das instituições, tem como principal objetivo monitorar projetos, processos e tarefas, a fim de identificar possíveis falhas e comunicar aos respectivos responsáveis. No ambiente operacional, a informação sobre falhas e problemas, quanto mais cedo é comunicada menores são os impactos ao negócio.

Assim como um software, o Laura recebe entradas e sofre ações do usuário para emitir uma saída, entretanto, o que caracteriza como um robô e não um simples software é o fato de possuir 263 “motores” ou microserviços, que simulam os órgãos do corpo humano que interagem entre si para a obtenção da resposta final ao estimulo inicialmente passado.

Publicidade
Publicidade

Quanto ao que diz respeito a sua capacidade de aprendizado, são utilizados para esse fim, duas técnicas modernas Computação Cognitiva e Machine Learning.

Computação Cognitiva – Trata-se da capacidade dos computadores pensarem de forma similar aos seres humanos;

Machine Learning – Em português "aprendizado de máquina" que se baseia em reconhecimento de padrões a fim de se “prever” comportamentos;

Certamente esse projeto é um grande avanço nesta área da tecnologia, entretanto sua aplicação transcende o universo de TI, agregando ao dia-a-dia humano, veja abaixo uma lista de aplicações do Laura, com um breve resumo de cada projeto:

Laura sepsis - Tem como proposta monitorar em tempo real dados vitais de para detectar precocemente a instalação da Seps. Vale lembrar que a SEPSE mata uma pessoa a cada 2 minutos no mundo.

Publicidade

Laura compliance – Com o objetivo de detectar falhas operacionais, monitora tarefas e atividades nas organizações.

Laura saving – Observa as atividades operacionais e administrativas com a meta evitar desperdício por excessos ou por falhas nos processos.

Laura blood – Acompanha o banco sangue produzindo campanhas direcionadas a necessidades mais urgentes.

Laura epidemiology – Monitora resultados de exames laboratórios com o propósito de identificar de forma rápida surtos e epidemias.

Laura medicine – Verifica informações hospitalares ambientais e de pacientes a fim de melhorar os diagnósticos e evitar infecções hospitalares.

Conforme mostrado no filme Artificial Inteligence de Steven Spielberg, onde é retratada a história de um robô criança que passa a ter sentimentos de humanos e acaba vivendo um conflito existencial, será que em um dia teremos esse nível de avanço tecnológico, capaz de produzir equipamentos que podem interagir não somente no âmbito institucional, mais que possam estar integrados ao convívio diário? #inteligenciacognitiva #robointeligente #inteligenciademaquina