No dia 14 de julho de 2016 a Nintendo anunciou o lançamento de seu console retrô, o NES Classic Edition, que consiste no relançamento de #Games 8 bits em um console que é réplica do famoso "nintendinho", lançado no Japão em 1983. A nova edição, porém, foi projetada em tamanho reduzido, contendo 30 jogos clássicos na memória do game, como, por exemplo, "Super Mario Bros.", "The Legend of Zelda", "Donkey Kong" e "Metroid", e suporte para HDMI para conectar nos televisores em alta definição.

O game foi lançado com um preço muito atrativo, custando US$ 60, e controle adicional por US$ 10. A empresa aposta no público apaixonado por games retrô para vencer a atual crise pela qual está passando.

Publicidade
Publicidade

O lançamento do NES Classic Edition ocorreu em meio à atual febre em torno do jogo Pokémon Go, desenvolvido pela Niantic com participação da Nintendo, que possui os direitos do desenho Pokémon.

Como a empresa não importa mais para o Brasil, a compra do game se dá apenas por intermédio de lojas virtuais, como o Ebay, com preços na faixa de R$ 200 no período de lançamento. Há projetos futuros da Nintendo de voltar a importar para o Brasil, embora não se tenha encontrado, até o momento, viabilidade em realizar tais projetos, devido aos custos de importação, tributos e administração de uma sede brasileira que são um tanto dispendiosos.

A aceitação do game superou as expectativas, para surpresa da empresa. Tanto que a Nintendo não têm conseguido atender a demanda. Constantemente as lojas têm seus estoques esgotados.

Publicidade

Estima-se que foram vendidos mais de 200 mil consoles nos Estados Unidos até o momento.

Toda esta procura Pelo NES Classic Edition têm acarretado no aumento dos preços. Quem quiser adquirir hoje o console no Brasil, ao invés de pagar o preço de R$ 200 terá que pagar R$ 870 em lojas virtuais. Todo este sucesso conquistado pela empresa aponta para uma virada de página. Foi uma ideia bastante inteligente da empresa investir nos games retrôs, pois mesmo com toda a atmosfera de inovação e jogos cada vez mais realistas, sempre haverá o público apaixonado pelos clássicos, com desejo de relembrar a participação que tais games tiveram em suas infâncias. #Nintendo Games #Tecnologia