Desenvolvido em segredo por dois anos, o robô de 4 metros (13 pés) de altura, produzido em Seul, capital da Coreia do Sul, pela empresa Korea Future Technology, é apresentado ao mundo.

Embora o ‘gigante metálico’ pareça os ‘robôs sentinelas’, do filme Matrix Reloaded (2003), ele ainda é apenas um protótipo que completou os primeiros testes, ou método 1, como chamam os envolvidos no projeto.

No momento, ele é capaz de imitar as ações do piloto, que, sentado na parte superior da máquina e com ajuda de joysticks, é responsável pelos movimentos do ‘monstrengo de metal’.

Conforme o periódico britânico Daily Mail, de segunda-feira (19), a mente que arquitetou a criação da máquina de guerra futurista, Vitaly Bulgarov, tem experiência em atividades sci-fi.

Publicidade
Publicidade

Ele desenvolveu a estrutura do robô policial Robocop (remake 2014), e também dos ‘aliens autômatos’ do filme Transformers 4.

Em comunicado no perfil do Facebook, Bulgarov destaca que além de 4m, o robô de peso estimado em 1.5 tonelada, faz o chão tremer ao caminhar.

Ainda ressalta que em breve exibirá mais imagens da intimidadora máquina. Ele, que pela primeira vez trabalha num projeto real de desenvolvimento robótico, após ser convidado pela empresa sul-coreana Korea Future Technology, não se intimida ao demonstrar contentamento com o desempenho do produto.

“Foi uma viagem incrível e uma das melhores experiências de aprendizado da minha vida”, escreve na rede social.

Apesar de Bulgarov manter segredo sobre as futuras atividades da máquina, ressalta que a construção do objeto envolveu #Tecnologia avançada com relação a hardware, software, engenharia mecânica e outros aspectos relacionados à mecânica.

Publicidade

Segundo ele, há várias maneiras do robô ser útil no cotidiano social. “Esse crescimento abre várias aplicações no mundo real, onde tudo o que temos aprendido até agora sobre este robô pode ser aplicado para resolver os problemas”, comenta.

Mesmo que o mistério acerca da verdadeira finalidade do produto seja a única certeza sobre ele, Bulgarov acrescenta que já está em curso uma atividade para o robô.

Contudo, o enigma permanece. “Um dos tais projetos já está em desenvolvimento, mas não estou autorizado a dizer mais neste momento”, finaliza.

Ainda que o criador não tenha comentado sobre a capacidade bélica da máquina, é provável que ela seja usada em campos de batalha.

Quem sabe, numa possível guerra contra a vizinha do Norte, o robô faça a primeira estreia...

#Inovação #Curiosidades