Uma nova ameaça no aplicativo de mensagens mais usado do mundo, o Whatsapp, vem deixando os brasileiros numa situação difícil, pois há relatos de que dados pessoais estão sendo roubados e pessoas sendo ameaçadas para não terem suas informações divulgadas. A nova ameça que promete aos usuários mudar o visual e cores do aplicativo está enganando usuários por todo Brasil.

Publicidade

Sobre o golpe

Um empresa multinacional especializada em segurança digital revelou a um site brasileiro (TechTudo) que este golpe já atingiu mais de um milhão de brasileiros e foi espalhado por meio de um link falso em conversas no aplicativo Whatsapp.

Publicidade

Os usuários, atraídos pela suposta função do aplicativo e convencidos que a interface é perfeita, são convidados a instalar um aplicativo de terceiros que pode conter vírus.

Este vírus que vem fazendo tantas vítimas é uma versão moderna do famoso "cavalo-de-tróia", um dos mais antigos vírus conhecidos pelo pessoal do meio digital. O seu nome vem de um conto da história grega, onde os troianos recebem um lindo cavalo de madeira e dentro dele estão os soldados gregos, que esperam anoitecer para depois destruírem a cidade homônima chamada Tróia.

Ataque do vírus

O ataque começa quando o usuário clica no link, que na maioria das vezes é compartilhado por amigos ou nos grupos (uma dica é que quem compartilha também já pode ter caído no golpe). O link leva para uma página de terceiros com visual bem bonito e dinâmico, o que difere da maioria dos golpes e facilita a que a vítima confie na veracidade do site (que realmente pode mudar a cor de seu aplicativo mensageiro)..

Publicidade

O site de terceiros, que não tem nada a ver com o site do Whatsapp, oferece um botão com o nome: "ativar agora". Quando a vítima clica no link de ativação, surge uma falsa verificação de usuário. Para continuar é preciso compartilhar o link em no mínimo cinco grupos do aplicativo ou com no mínimo 10 amigos.

O golpe

Quando a vítima segue o procedimento do ataque do vírus, ativa um botão com o nome "ativar novas cores", e quando clica nele, é levado para outro link que pede para ela instalar novos aplicativos, que não necessariamente têm vírus (mas podem conter). A mudança de cores não existe na verdade, e a cada aplicativo instalado pela vítima, o golpista recebe um valor na sua conta bancária.

Como evitar o golpe

Para evitar o golpe é preciso ficar atento a links que prometem funções não divulgadas oficialmente. É preciso entender que todas as possíveis mudanças no Whatsapp são feitas através de atualizações na loja do próprio aplicativo. #golpe no whatsapp #como evitar golpes no whatsapp