Como diz a galera, "não está fácil para ninguém". E, se as previsões para 2017 de uma economia ainda fraquinha, baixa demanda, reajustes de preços, desemprego alto e cortes nos serviços públicos, chateiam (para dizer pouco) você, console-se: você provavelmente não perdeu mais de um milhão e meio de dólares. Trata-se da diferença entre quanto dinheiro Tim Cook, sucesso do lendário Steve Jobs à frente da #Apple amealhou em 2016 (US$ 8,75 milhões) e quanto ele tinha recebido em 2015 (US$ 10,28 milhões), um ano melhor da icônica dona do iPad, do iPod e outros cobiçados produtos. Agora, lembre-se que o dólar está valendo mais do que R$ 3,20: isso significa deixar de ganhar quase cinco milhões de dólares.

Publicidade
Publicidade

Já se sente melhor?

A remuneração em 2016 do CEO da empresa foi composta por um salário-base anual de três milhões de dólares (no ano anterior, tinham sido meros dois milhões de dólares, o aumento de 50% no salário-base ajudou a aparar o golpe do pagamento de incentivos menores, incetivos no valor total de 5,37 milhões de dólares e uma outra compensação de cerca de 378 mil dólares.

Não foi só Cook quem sofreu na pele com o desempenho um pouco decepcionante da empresa, que não atingiu as metas de vendas e lucros para o ano que acabou recentemente pelo menos em parte por causa da queda prolongada nas vendas do #iPhone - em outubro, a empresa anunciou a primeira queda de receita desde 2001. Os executivos da empresa receberam apenas 89,5% dos vencimentos que teriam sido pagos se as metas tivessem sido alcançadas.

Publicidade

Em 2015, essa porcentagem tinha sido exatos 100%. Interessantemente, os cinco altos executivos logo abaixo de Cook na hierarquia da empresa, cujos salários são de conhecimento público, receberam 23 milhões de dólares, mais do que o patrão.

Não chore ainda pelo chefão da Apple e seu miserê, porém. Ele completou seu quinto ano à frente da empresa e, com isso, adquiriu controle de um bloco de ações - esse mecanismo tem por objetivo incentivar certos trabalhadores a permanecer por períodos mais longos em uma empresa. Ao preço corrente, as ações que Cook recebeu valem cerca de 136 milhões de dólares. É o ajuste orçamentário dos seus sonhos, não é? Agora, só falta convencer o presidente Michel Temer. #Celular