Desde a revolução industrial até os dias de hoje, é possível observar que máquinas levaram postos de trabalho à extinção, como também foram gerados novos tipos de #Empregos. Observa-se também que mudanças são rotineiras em um mundo marcado por inovações tecnológicas e facilmente observáveis em um mundo globalizado e informatizado. No entanto, o mundo como se conhece hoje é apenas uma transição para o que está por vir num futuro muito próximo. O que hoje parece estar estável no mundo profissional vai sofrer drásticas mudanças.

Muitas são as inovações tecnológicas que surgem a todo tempo para facilitar a vida, seja pessoalmente como profissionalmente.

Publicidade
Publicidade

Os computadores, por exemplo, foram um marco histórico, pois mesmo tornando algumas profissões obsoletas, foram muito mais benéficos na criação de novos empregos e proporcionaram maior eficiência na execução de diversos trabalhos, passando a ser grandes aliados no desenvolvimento intelectual do homem moderno.

No entanto, o progresso não pára e atropela sem piedade quem não estiver preparado para recebê-lo, de modo que os velhos computadores estão adquirindo diversas formas e aplicações diferentes. Processadores e incrementos novos são adicionados às máquinas e o grande aliado do século XXI poderá trazer muita dor de cabeça em um futuro muito próximo, pois o amado computador poderá absorver inúmeros empregos e todos precisarão estar aptos para sobreviver na selva que é o mercado de trabalho.

Publicidade

Ontem, a inteligencia artificial e robôs domésticos eram temas de filmes de ficção científica; hoje já são realidade no mundo tecnológico e logo estarão ocupando espaço no mercado de trabalho, pois tal #Tecnologia, além de pensar como uma pessoa, não cansa e não necessita salário.

As primeiras profissões afetadas por essa tecnologia serão as de baixa qualificação profissional, cuja mão de obra será substituída por robôs. Motoristas perderão o espaço para os já conhecidos carros autônomos, massoterapia poderá futuramente ser executadas por máquinas. Funções com maior qualificação profissional também não estão fora dessa tendência. Tarefas relacionadas a investimentos, por exemplo, poderão ser executadas por meio de softwares.

À medida que a tecnologia evolui, haverá geração de impacto no mercado como um todo, de tal forma que todas essas tendências deverão ser levadas em conta na hora de decidir a vida profissional e o aperfeiçoamento profissional.

Mas, como as pessoas poderão ter aptidões que as tornem profissionais insubstituíveis por máquinas inteligentes? O mundo globalizado exige que as pessoas estejam fortemente adaptáveis a quaisquer imprevistos mercadológicos, mas provavelmente, a palavra adaptação terá um significado mais decisivo nas mentes humanas, pois o profissional que necessitar sobreviver no mercado de trabalho, diante das máquinas pensantes e incansáveis, deverá fortalecer as características humanas, aperfeiçoando-se fortemente em áreas humanas.

Publicidade

Deverá ser um profissional com muita empatia, capaz de solucionar problemas em grupo, aconselhar, ser altamente criativo e contagiante, pois em um mundo em que as máquinas começam a se parecer com pessoas, os humanos precisam deixar de se parecer com máquinas. #Inovação