Se tudo é fácil demais, desconfie! O golpe agora é a promessa de clonar a conta do #WhatsApp de outra pessoa. O site de notícias Olhar Digital ouviu uma empresa de segurança, a Eset, que explicou o golpe. Todo golpe envolve pessoas que buscam uma alternativa fácil para aquilo que não é usual e uma pessoa que se aproveita disso. Nesse caso, explica a empresa que os vários vídeos divulgados na internet sempre têm o mesmo objetivo: cadastrar seu número de celular em um serviço de SMS Premium e acabar com seus créditos ou sua conta vir lá em cima. Todo golpe começa com um SPAM via WhatsApp. Ao acessar o link, o usuário é encaminhado para assistir um vídeo, que inclusive é feito por alguém de capuz, com o rosto coberto.

Publicidade
Publicidade

Durante o vídeo, o rapaz, que não se identifica, diz que vai clonar o WhatsApp da esposa (aliás, segundo a empresa, esse é o maior interesse dos usuários na ferramenta). Ele insere o número da esposa, escolhe uma opção entre "ver online" ou "baixar" e o sistema simula que está contatando servidores da empresa do WhatsApp. Ao final do carregamento, aparecem algumas animações .

Até então a ferramenta não passou de uma simulação para induzir o usuário para o próximo passo. Depois do procedimento feito, aparecerá um botão "liberar" e posteriormente um "Clonar WhatsApp!". Aí vem o grande desfecho do golpe. O sistema irá abrir uma janela com um suposto "erro 804". Então o rapaz encapuzado explica como "burlar" o erro. Entretanto, os passos que vão se seguindo não passam de uma encenação para cadastrar seu número em um serviço de SMS Premium.

Publicidade

Depois disso, o usuário, que já foi enganado, ainda pode servir de isca para novos golpes lucrativos. O vídeo pede para que as instruções sejam compartilhadas com todo WhatsApp para que o erro seja definitivamente resolvido. Então o incauto é levado a curtir uma comunidade no G+ (rede social do Google) e novamente encaminhado para outro serviço de SMS pago, dessa vez, pela WEB.

O vídeo foi assistido mais de 28 mil vezes desde 28 de dezembro.

A recomendação da empresa de segurança é que você só deve baixar aplicativos confiáveis da plataforma do Google ou do fabricante do seu aparelho e IOS, e jamais repassar ou executar procedimentos que venham por números desconhecidos do WhatsApp. Via de regra, achou estranho, delete!

Veja algumas telas do sistema:

#Tecnologia #clonagem