Muitos sites de conteúdos adultos estão aproveitando uma falha do #youtube para transmitirem os seus vídeos através dos servidores do Google. Mesmo os conteúdos pornográficos sendo proibidos na plataforma, os hackers conseguiram uma forma de enganar o sistema de #Segurança do YouTube.

Regras do Youtube

O YouTube, que é administrado pelo Google, possui regras rígidas sobre vídeos que tenham conteúdos considerados pornográficos e proíbidos na plataforna. Mas, segundo o site TorrentFreak, muitos estão aproveitando uma brecha na famosa rede social de vídeos para publicar conteúdos considerados pornográficos.

Segundo o mesmo site que apurou essas informações, ao postar um vídeo privado, o Youtube acaba não averiguando se o conteúdo está de acordo com suas regras, os sites pornográficos incorporam esses vídeos nos seus sites, e assim aproveitam os servidores do Google.

Publicidade
Publicidade

Vantagens

A grande vantagem desta "manobra" é que eles conseguem colocar seus conteúdos de forma segura, num site ótimo e confiável como o YouTube, e ainda grátis, sem precisar de manutenção, e espaço em seus servidores para os vídeos. Isso vem atraindo muitas pessoas de má índole, que além dos vídeos pornográficos, colocam também conteúdos pirateados.

Conclusão

Embora o Youtube deixe bem claro que proíbe "Conteúdo com teor sexual explícito, como pornografia, não é permitido. Vídeos que apresentem conteúdo fetichista serão removidos ou sofrerão restrições de idade, dependendo da gravidade da ação em questão. Em muitos casos, fetiches violentos, explícitos ou humilhantes têm sua exibição proibida no YouTube."

Mesmo as regras sendo bem claras, não há nada que um simples hack, não consiga facilmente contornar.

Publicidade

Estes vídeos não listados são mais difíceis de detetar e de remover da plataforma, só depois de muito tempo esses vídeos pornográficos são encontrados e excluídos, ou seja, permanecem no Youtube durante muitas semanas.

O Youtube ainda não divulgou nada sobre esse caso e muitos vídeos contendo cenas proíbidas ainda são hospedados em seus servidores. #hacker