O YouTube tem uma imensa base de vídeos e poderia muito bem afetar ainda mais o mercado tradicional mundial de televisão. Mas até então não consegue, por justamente não ter um volume grande o suficiente de vídeos com conteúdos de alta qualidade, como é encontrado na TV ou no Netflix. Essa é uma questão complicada para o #youtube, que vem secretamente estudando um lançamento de seu próprio serviço de streaming de #TV, que irá competir diretamente com as emissoras abertas e fechadas.

O duelo direto

Não é de hoje que ouvimos rumores de que o YouTube está trabalhando em um serviço de streaming de TV chamado "Unplugged", que irá cobrar um valor médio de 35 dólares (R$ 122) por mês, para que o usuário possa assistir em sua TV, telefone ou notebook.

Publicidade
Publicidade

Mas se realmente o Unplugged virar uma realidade, ele entrará num mercado completamente competitivo e saturado. Várias emissoras tradicionais como Globo, Band, Record e Fox já lançaram o seu conteúdo online em streaming.

Streaming nada mais é do que uma forma de transmissão de som e imagem (áudio e vídeo) através de uma rede qualquer de computadores sem a necessidade de downloads do conteúdo que está se vendo e/ou ouvindo, já que neste método a TV, o telefone ou notebook recebe as informações ao mesmo tempo em que as repassa ao usuário.

Não poderá falhar

O YouTube já tem uma tonelada de conhecimento sobre esse assunto, não apenas na entrega de vídeo online, mas também em "ao vivo", que poderá ser um grande diferencial. Se o Unplugged realmente funcionar 99% do tempo sem falhas no primeiro dia, a plataforma de vídeos do Google tem uma grande oportunidade de crescer nesse negócio.

Publicidade

Mesmo que o YouTube consiga ter uma vantagem sobre seus concorrentes, isso não significa que o mercado de TV de streaming será uma mina de ouro instantânea para o Google. Todas as emissoras que colocaram seus conteúdos em streaming tiveram grandes prejuízos no começo.

Depois de lançar o Unplugged, a grande jogada do Google para esse mercado competitivo será a elaboração de um método de anúncios que funcione perfeitamente para conteúdos streaming, conseguindo então monetizar todo esse negócio, como já faz atualmente com grande parte dos sites e blogs no mundo.