O avanço da nanotecnologia permitiu a síntese de diversos materiais em escalas nanométricas, em especial a utilização dos pontos quânticos (quantum dots ou QDs) que são cristais inorgânicos que apresentam aplicações para o desenvolvimento de eletrônicos, optoeletrônico (aparelhos eletrônicos que fornecem, detectam e controlam a luz), biológicas na utilização de marcadores de luminescência, células fotoelétricas, memória ótica e detectores óticos.

Além disso, os eletrônicos desenvolvidos apresentam novas linhas de televisores com ultra definição, onde as telas com essa tecnologia, em vez de uma fonte de iluminação branca atrás do painel, há uma emissão de luz azul, em seguida há uma rede de QDs verdes e vermelhos desenvolvida para cobrir cada pixel da TV.

Publicidade
Publicidade

Assim, permite que a quantidade de luz seja calibrada e uma definição de imagem com alta resolução.

Outro fator importante é, os pontos quânticos ao absorverem luz a um certo comprimento de onda (λ), tem um dos seus elétrons retirado de um nível mais baixo para um nível mais elevado. Por consequência deste fenômeno, o elétron volta para seu estado inicial passando a emitir luz com o comprimento de onda ao equivalente à diferença de energia desses níveis.

Características estruturais

Os pontos quânticos são cristais inorgânicos semicondutores que possuem de 2 a 10 nm de diâmetro e exibe propriedades de confinamento quântico, ou seja, cuja vacância e elétrons estão confinados em três dimensões (altura, profundidade e largura) e apresentam as principais formas por CdS (Sulfato de Cádmio) e CdSe (Seleto de Cádmio) que lhes conferem as cores amarela e vermelha.

Publicidade

O confinamento em três dimensões, confere aos QDs estados eletrônicos semelhante aos átomos, ou seja, apresenta níveis de energia discretos. Ademais, quanto maior a redução de tamanho dos pontos quânticos em cada uma das três dimensões, maior será o confinamento quântico sofrido causando assim o aumento do gap (trata-se da diferença de energia entre as bandas de valência e condução, onde não há estados acessíveis a elétrons ou lacunas).

Empilhamento de Pontos Quânticos e eficiência

O desafio da aplicação de pontos quânticos é obter o controle do tamanho e a distribuição destes. Desta forma, a diferença de tamanho das ilhas em uma amostra resultara uma limitação na eficiência dos dispositivos (laser ou optoeletrônico). Portanto, é necessário, maior controle na distribuição nos tamanhos garantindo assim maior eficiência de emissão ótica. #avanço tecnológico #Tecnologia 4k