A apresentação da ideia vem através de uma pergunta simples e direta: Já pensou em utilizar o #Transporte público em qualquer lugar e realizar o pagamento pelo seu #Celular? Essa é a proposta desenvolvida pela OnBoard Mobility.

O projeto da empresa visa substituir dinheiro, cartões, bilhetes, tickets e passes pelo aplicativo de celular OnBoard. Através da criação de uma conta dentro do sistema, o usuário compra e gerencia créditos e utiliza o próprio smartphone no validador do transporte. Todos os meios públicos de locomoção estarão disponíveis no programa, como ônibus, metrô, trem, bicicleta, balsa e bonde, em qualquer cidade que opere com o mesmo, inclusive em outros países.

Publicidade
Publicidade

O aplicativo acaba, ainda, com a necessidade de a população dirigir-se a um guichê, terminal ou maquinário para compra ou carregamento de crédito nos cartões, para as passagens. Isso diminui, também, o gasto para o gestor público. Além disso, promete ser um sistema mais seguro que o atual, já que as chances de fraude diminuem. De acordo com Marcel Popolin de Araújo Cunha, um dos profissionais da empresa, o projeto pode ser a chave para um transporte público mais inteligente, moderno e integrado.

O OnBoard mantém os benefícios aplicados no sistema atual, como vale transporte para trabalhador, passe estudantil, entre outros. A empresa vai realizar também o incentivo para os usuários que utilizarem bicicletas, baseado na Lei aprovada em São Paulo, que criou o Programa Bike SP. O aplicativo vai contabilizar sua distância percorrida e transformar em créditos para utilização no pagamento de qualquer corrida de transporte público posteriormente.

Publicidade

Alocada no MobiLab (Laboratório de Mobilidade Urbana e Protocolos Abertos), iniciativa da Secretaria Municipal de Transportes, da Prefeitura Municipal de São Paulo, pelo segundo programa consecutivo e única no ramo de meios de pagamento, a OnBoard Mobility foi idealizada a partir de um projeto de conclusão do curso de Administração da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), campus de Sorocaba, e nasceu da ideia de Luiz Renato Muno de Mattos – hoje, CEO – há cerca de dois anos. Atualmente, como startup, é formada também por Valter Gabriel Paes Santiago e Marcel Popolin de Araújo Cunha, responsáveis pela área técnica da empresa, como desenvolvimento de servidor, aplicativo, site, etc.

Futuro e Implementação

Nos últimos meses, a empresa ganhou visibilidade em diversas competições e iniciativas. Na atualidade, participa de um programa de aceleração de negócios da Startup Farm em parceria com a Visa, sendo uma entre as sete escolhidas pelas empresas para realização do mesmo.

A OnBoard Mobility concorre também em uma competição internacional da Telefônica Open Future para startups inovadoras, na qual conta com votos populares para participação de um evento da empresa organizadora em Barcelona, na Espanha.

Publicidade

Já a implementação do aplicativo no mercado ainda esbarra em um problema técnico. Para que o projeto entre em vigor, os validadores dos veículos precisam ler um novo sistema para que a decodificação através do celular seja realizada. Assim, a principal barreira, no momento, é burocrática.

Segundo Marcel, o objetivo da startup é causar mudanças nesse mercado através de novas tecnologias, novos elementos de segurança, além da redução de custos no sistema e melhorias na experiência do usuário. #Tecnologia