A notícia da liberação do recurso do FGTS em contas inativas não foi boa só para quem vai poder sacar o dinheiro, mas também para os desenvolvedores de #Aplicativos, que criaram uma forma fácil de consultar o saldo do FGTS em contas inativas, sem precisar ir até as agências da Caixa - banco que administra essas contas.

Ao baixar o aplicativo paro o celular, a consulta pode acontecer de forma rápida e prática. A área tecnológica obteve um aumento muito grande devido à utilização de aplicativos que consultam o FGTS e tem desenvolvedor lucrando até R$ 70 mil com esses Apps.

Desenvolvedores de aplicativos

Além do aplicativo que a própria Caixa disponibiliza aos interessados nas consultas do saldo, existem 30 versões disponíveis nas lojas de aplicativos, para diversos modelos de dispositivos.

Publicidade
Publicidade

Um casal de gaúchos desenvolveu sete dos aplicativos disponíveis para consulta do saldo do FGTS.

Marido e mulher são técnicos em informática e trabalham juntos. Eles também desenvolveram aplicativos para consulta de IPVA, de impostos e do Bolsa Família. Os aplicativos são criados com o intuito de auxiliar as pessoas que se interessam por esses assuntos.

O casal disse que leva, no máximo, um dia para criar um aplicativo e que a parte mais difícil é a programação. Antes mesmo de o presidente Michel Temer liberar o saque das contas inativas, os aplicativos de consulta de saldo do FGTS já estavam circulando na internet. O casal relatou que, antes disso, os faturamentos eram poucos e que, com essa novidade, os valores arrecadados aumentaram bastante. Segundo dados de pesquisas, a busca por aplicativos do gênero no Google ultrapassa os 250 mil por dia.

O calendário oficial de liberação do FGTS em contas inativas será divulgado amanhã (14) pelo governo federal.

Publicidade

Esse recurso foi criado pelo presidente Michel Temer em dezembro de 2016 e terá direito a sacar esse recurso quem está pelo menos um ano afastado da empresa. Esses valores do FGTS são referentes até o mês de dezembro de 2015. Quem está ativo no mercado de trabalho, ainda que tenha direito, não poderá sacar o recurso. O motivo é que, nesses casos, a conta ainda está ativa.

As datas para liberação de saques estão sendo elaboradas de acordo as datas de aniversário dos trabalhadores que possuem contas inativas. que vão ter direito ao dinheiro que estão nas contas inativas. #consulltaFGTS