As lojas #Casas Bahia e Ponto frio, a partir do dia 17 de fevereiro, irão aceitar os celulares e o tablets usados do consumidor como parte do pagamento de um aparelho novo. Inicialmente, as duas redes estarão com essa oferta nas lojas físicas de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. Até o final do mês de março, chegará em quase 1.000 lojas físicas.

Por exemplo, um smartphone iPhone 6s Plus (128 GB), da Apple, estando em bom estado, pode ser avaliado por até R$ 1.600. Já um Samsung Galaxy S6 em bom estado pode valer R$ 500, o que cairia para R$ 150, se a tela estiver quebrada.

Portanto, seu celular ou #tablet usado pode ser usados na compra de um novo aparelho nas redes Casas Bahia e Ponto frio.

Publicidade
Publicidade

O consumidor, ao concordar com o preço ofertado pelo aparelho usado, assina um documento de transferência de propriedade e recebe um vale compra, que pode ser usado apenas naquele dia na loja e que somente será útil para adquirir um novo aparelho.

Quais os requisitos

O valor a ser ofertado pelo produto usado será definido com a ajuda de um sistema específico e dependerá do modelo, capacidade, condições da tela, de uso, carcaça etc. O valor a ser pago depende de uma avaliação prévia. O modelo precisa também ter sido comercializado no território brasileiro. Então aparelhos usados muito danificados ou modelos antigos poderão receber uma oferta menor.

Outros requisitos seriam: os aparelhos não podem ser tidos como perdidos ou roubados, que liguem perfeitamente e que tenham um sistema de localização ativado, ou não possuam qualquer tela com o bloqueio ativado.

Publicidade

Além disso, o aparelho usado precisa ter sido formatado, ou seja, ter sido feita a restauração de dados de fábrica, opções encontradas nas configurações do celular ou tablet.

A empresa Brightstar, parceira ligada à essa nova modalidade, pedirá o número de documento que identifique o consumidor, além de fazer uma pesquisa, a partir de um número que identifica cada aparelho, para saber se o aparelho está listado como produto furtado ou roubado.

Para facilitar a vida do consumidor, o aparelho também poderá ser avaliado no site da Casas Bahia. Desse modo, a avaliação será feita de modo online, conforme as características informadas pelo consumidor, o que não é apropriado que ele super valorize o #celular usado para tentar uma oferta maior.