Foi anunciada pelo Facebook uma grande novidade para seus usuários que estão buscando uma nova oportunidade de #Emprego. Agora as empresas terão uma área na página para publicarem as vagas de emprego disponíveis. Estará disponível, além das opções de curtir, comentar e compartilhar, a opção para os interessados se candidatarem diretamente à vaga que está sendo publicada pela empresa.

Os interessados poderão acomopanhar as novas ofertas de emprego por meio de notificações que informarão quando surgirem novas vagas, e também por meio das páginas de empresas que publicarão as vagas disponíveis. O usuário terá que apertar apenas um botão que estará ao lado da publicação da empresa.

Publicidade
Publicidade

Esse novo #recurso oferece mais rapidez e eficiência na hora da candidatura do que em sites de procura de empregos. O cadastro será feito diretamente na plataforma. Depois da candidatura enviada, a empresa poderá entrar em contato com o candidato através do app de bate-papo Messenger.

Com isso a plataforma sai na frente do Linkedln, que é oferecido pela Microsoft. A novidade já está disponível para as empresas dos Estados Unidos e Canadá. Segundo o “TechChunch”, esse novo recurso trará mais lucros para o Facebook. As empresas provavelmente vão querer impulsionar suas publicações para alcançar o máximo possível de pessoas.

Facebook at Work: Recurso oferecido para o meio profissional

Já houveram outros projetos feitos pelas empresas direcionados para o ambiente profissional. Foi lançado há pouco tempo o Facebook at Work.

Publicidade

Esse recurso organiza a comunicação entre funcionários e a empresa e facilita a interação, pois disponibiliza um feed que é de exclusividade somente deles, para discutirem e fazerem cronogramas de tarefas. Neste mesmo recurso existe uma chamada de vídeo e áudio. O recurso também permite criar grupos para diferentes setores.

Diferentemente do Facebook pessoal, esse recurso não contém propagandas ou anúncios. Os usuários desta plataforma não serão bombardeados com publicidades como os usuários do Facebook pessoal. As informações pessoais e confidenciais da empresa não ficam disponíveis para a rede social.