Se você ainda não ouviu falar do Nudestarter então é melhor já ir se informando, pois esse é o serviço que promete fazer mais sucesso no decorrer desse ano, pagando aos usuários para postarem nudes. O serviço já está funcionando há 2 meses e aos poucos os internautas vão se adaptando a uma nova forma de ver #nudes.

Quase todo dia, nas redes sociais, ficamos sabendo de alguma pessoa, famosa ou anônima, que compartilhou um nude na #Internet, só que elas fazem isso de graça. A proposta do Nudestarter é pagar aos usuários pelas nudes compartilhadas por eles. A meta do site é promover as famosas "Vaquinhas" para remunerar o famoso ou famosa não só da internet como também do mundo real, que não tem vergonha de se exibir sem roupa.

Publicidade
Publicidade

Gabriel Cantarin, responsável pelo novo serviço na internet, tem apenas 22 anos, mas conta com muita criatividade e vontade de sobra para vencer na vida. Ele acredita que sua ideia possa não só lhe render um bom dinheiro, mas também os usuários do site. Ele fez questão de levar o Nedestarter para a "Campus Party 2017" para ajudar na divulgação e assim conseguir mais usuários e quem sabe, conquistar um bom investimento.

Assim que o site começou a divulgar seus serviços, criou-se uma grande polêmica, pois muitos internautas que já tiveram nudes publicadas na internet, temem que suas fotos sejam compartilhadas no site sem a sua devida autorização, mas não é assim que funciona. Ninguém terá a triste surpresa de ver sua foto sendo exposta sem antes ter autorizado.

Cantarin explicou que o site é como que fosse uma ferramenta para quem deseja fazer um ensaio sensual online.

Publicidade

Com o Nudestarter o usuário só precisa efetuar um cadastro e determinar um valor mínimo para suas nudes serem reveladas. Os fãs ou curiosos, irão pagar certo valor para conferir os nudes daquele usuário, ou usuária. Se o usuário determinar um valor que não for alcançado, então todo o dinheiro é devolvido. Mas caso a meta seja atingida, então é produzido o ensaio sensual e quem pagou recebe as imagens. #Tecnologia