Principal aplicativo de mensagens instantâneas do mundo, o #WhatsApp tem sido cada vez mais utilizado por cibercriminosos para a aplicação de diferentes tipos de golpes virtuais. E a mais nova cilada já fez algumas vítimas no Brasil.

Trata-se da clonagem de contas do WhatsApp, na qual bandidos conseguem ter acesso a todo o arquivo de mensagens trocadas através do app, de um determinado número de #Celular, e passam a agir como se fossem aquela pessoa.

Conforme mostrou a edição mais recente do “Fantástico”, da Rede Globo, os criminosos virtuais usavam essa técnica de invadir contas do WhatsApp para pedir dinheiro a amigos e parentes das vítimas, e em alguns casos, os golpistas roubaram milhares de reais.

Publicidade
Publicidade

Como se proteger desse golpe no WhatsApp? Para aumentar a segurança dos usuários, o app lançou um novo recurso, a verificação em duas etapas, que já é utilizado na proteção de contas de e-mail e redes sociais, para evitar acessos indevidos.

Como ativar o novo recurso de segurança

Após ser ativado no smartphone, o novo recurso passa a exigir uma senha numérica, além do já conhecido código via SMS, todas as vezes em que o número de telefone associado à conta tiver de ser verificado, como quando você troca de aparelho, por exemplo, e vai instalar o app no novo celular.

Como ativar verificação em duas etapas no WhatsApp? Primeiramente, abra o app e vá até a aba “Configurações”. Em seguida escolha “Conta”, selecione “Verificação em duas etapas” e por último toque em “Ativar”.

Feito isso, será necessário cadastrar um código com seis dígitos (evite sequências fáceis de serem quebradas, como data de aniversário e o famoso “123456”) e uma conta de e-mail para recuperação da nova senha do WhatsApp, caso você a esqueça.

Publicidade

Vale lembrar que se você perder a senha de acesso e não tiver cadastrado e-mail para recuperá-la, só conseguirá reverificar o número de celular após sete dias da última vez que o programa foi utilizado.

Outro detalhe importante é que, periodicamente, o aplicativo irá lhe pedir que digite o código de acesso, para lhe ajudar a lembrar da senha cadastrada. O recurso está disponível nas versões mais recentes do app para Android, iOS e Windows Phone. #Aplicativos