No mundo moderno e conectado em que vivemos os celulares se tornaram um dos principais meios de entretenimento. Por ser móvel e geralmente de fácil manuseio, o #Celular é um centro de informações e de distrações que faz parte da rotina da maioria dos cidadãos.

Neste ano, a empresa #Nokia, conhecida pelos seus resistentes celulares, vai lançar um modelo muito conhecido por grande parte de seus consumidores, o celular do #modelo 3310, que foi bastante conhecido como "tijolão". Depois de 17 anos de chegar ao mercado, o relançamento desse modelo causou uma agitação nos consumidores da marca nas redes sociais.

Já fazia um tempo que havia uma suspeita por parte dos consumidores de que o "tijolão" seria lançado, mas não havia nenhuma confirmação da empresa Nokia sobre os rumores.

Publicidade
Publicidade

Com as frequentes perguntas e a pressão dos fãs, a empresa desfez o suspense e confirmou o relançamento desse modelo que todo mundo conhece por ser muito resistente a quedas e ter um bom custo-benefício.

O aparelho tão simples e com funções tão básicas não deixa de fazer sucesso por sua qualidade. Estima-se que foram fabricados mais de 126 milhões de unidades antes que ele tivesse sua venda paralisada em 2005.

Quem irá vender esse celular será a startup finlandesa HMD Global. Atualmente, a empresa Nokia não faz mais telefone e tem o foco de seus negócios voltado para a área de telecomunicação, produzindo, entre seus produtos, câmeras de realidade virtual.

Uma vantagem para quem deseja ter novamente esse modelo é a simplicidade. Para quem apenas usa o celular para funções básicas como chamadas, o modelo 3310 é a escolha ideal para esse tipo de consumidor.

Publicidade

A internet tem uma conectividade limitada, sendo transmitida em 2.5G, menos rápida que o 3G ou 4G. O sistema operacional usado no aparelho é S30+.

As opções de aplicativos para esse aparelho também são limitadas. Não se pode comparar aos celulares com os recursos de mídia atuais, mas uma vantagem desse produto, segundo a fabricante, é o tempo de duração da bateria, que pode chegar a um mês em estado de stand by e a 22 horas de conversação.

Para os fãs do jogo clássico da cobrinha, essa versão do aparelho tem confirmado esse jogo. O jogo é um típico passatempo muito conhecido por desafiar o jogador a sempre continuar crescendo sem esbarrar nos cantos da tela e nem na própria cauda, apesar de simples esse jogo levou muitos usuários a bons momentos de descontração.

O aparelho simples mas resistente promete trazer uma desintoxicação digital. Caso a pessoa queira deixar de lado um modelo específico moderno e mais custoso, o novo celular 3310 tem esse papel para ser cumprido. O preço é outro motivo para que esse celular se torne novamente popular entre muitos consumidores, custa US$ 51,75, o equivalente a R$ 160.

O anúncio do "tijolão" foi feito na conferência Mobile World Congress, que terminou nesta quinta-feira (2), na cidade de Barcelona, na Espanha, onde empresas de aparelhos celulares revelam as suas novidades para os próximos meses.