De sua sede em Los Angeles, o #YouTube anunciou, oficialmente nesta terça-feira (28), o seu novo produto, YouTube TV. Assim, a rede social de vídeos junta-se à concorrência na oferta de conteúdos audiovisuais. Ela fornecerá conteúdo, ao vivo ou gravado, originais e com materiais importantes, como os canais ABC, CBS, FOX, NBC ou ESPN, entre muitos outros. A revolução no entretenimento está no seu ponto mais alto, e muitos estão embarcando nesse trem, as novas tendências envolvem o conteúdo online, 'a la carte' e ainda podem de ser vistos em qualquer lugar, a qualquer hora.

O mercado 'novo' está cada vez mais lotado, embora a Netflix tenha sido uma das primeiras, muitas cadeias e empresas também optaram por este tipo de transmissão streaming, como no caso da HBO, Hulu , Amazon Prime Vídeo, entre outros.

Publicidade
Publicidade

O YouTube é uma plataforma do Google que tem alcançado milhões de assinantes por todo o mundo. Não existe uma pessoa na atualidade que não tenha visto ou usado essa rede, em algum momento. Uma das vantagens oferecidas pelo serviço de TV do YouTube será o direito de ter seis contas diferentes.

Comodidade

Susan Wojcicki (a mulher da foto principal), CEO do YouTube, argumentou, no evento de lançamento, que o YouTube TV foi o resultado de três etapas: o sucesso da TV por assinatura, o surgimento de vídeos online e a popularização dos smartphones. Ela também enfatizou quem são seus potenciais clientes (a geração nascida a partir de 80), e que é o que eles querem: "desfrutar de todo o conteúdo de TV online como eles quiserem, onde quer que eles estejam e quando eles quiserem."

A aplicação será dividida em três partes: Library, Home e Live.

Publicidade

Sendo que, a primeira, permite navegar pelos conteúdos preferidos e pelas gravações do utilizador; a segunda funciona como um feed normal, como o do YouTube, onde aparecem sugestões de programas que possa gostar; a terceira serve para ir navegando pelos programas que estão no ar naquele momento.

O serviço poderá ser acessado de qualquer dispositivo móvel e permite até seis contas de usuários para cada assinante. O YouTube promete ainda um serviço de gravação em nuvem “sem limites de armazenamento”, com um limite de nove meses. Ou seja, depois desse período, suas transmissões guardadas serão removidas. #Televisão #Tecnologia