Com o avanço da tecnologia, o homem vem diminuindo o seu tempo de percurso em longas, médias e curtas distância cada vez mais, e isso vemos em toda parte por onde passamos. Novas alternativas vem surgindo a cada dia,t proporcionando uma vida melhor para a sociedade.

E com base nisto, um canadense chamado Charles Bombardier desenvolveu um projeto de um suposto avião que poderá fazer o trajeto de Londres para Nova York em apenas 20 minutos. Esse #avião usará propulsores de joguetes que criarão uma velocidade 24 vezes a velocidade do som, uma velocidade média de 29.635,2 Km/h ou 8.232 m/s.

Este jato recebeu o nome de "Antipode", o mesmo desenvolvido a partir de um fenômeno aerodinâmico conhecido como "Long penetration mode" (LPM).

Esta mesma aeronave supostamente terá uma capacidade total para suportar 10 passageiros, em que decolaria de uma pista normal, igual a qualquer outro avião, só que em suas asas teriam foguetes para proporcionarem que ele possa viajar a uma altura de 40.000 pés, ou 12.192 metros de altitude do nível do mar. Porém, para que a tal supervelocidade seja possível, ele deverá estar acima desta altura para poder ser ativados os seus foguetes. Onde este mesmo canalizaria o ar e o transformaria em velocidade supersônica por meio de um bocal acoplado nele. Hoje, o conceito do "jato" é apenas uma ideia, mas o que eles esperam é que, assim que os financiamentos sejam liberados, irão se iniciar as pesquisas.

De acordo com o projetista deste avião, Charles Bombardeir, ele terá como objetivo ser 12 vezes mais rápido que o atual avião mais rápido do mundo, chamado "Concorde". De acordo com seu desenhista, se isto se torna realidade, ele se tornará sem dúvidas uma grande revolução hipersônica.

A estrutura deste avião será equipada com motores que utilizarão o próprio oxigênio presente na atmosfera como combustível, o que causaria uma perda considerável em seu tanque, e uma menor carga de combustível em seu interior.

Charles Bombardeir foi contatado por uma engenheiro da #Nasa, chamado Joseph Hazeltine, para o oferecer suporte técnico, pois se interessou por seu projeto de um novo modelo de aeronave. #Tecnologia