As redes sociais podem ser consideradas como um marco na história da comunicação humana. Isso não significa, porém, que antes delas existirem a comunicação digital entre as pessoas não existia. Muito pelo contrário, já faz algumas décadas que utilizamos dessas ferramentas para interagir uns com os outros. No entanto, o que tem acontecido atualmente é um uso em massa desses softwares. É difícil encontrarmos alguém que tenha acesso a aparelhos tecnológicos e não possua nenhuma rede social.

O WhatsApp é um exemplo dessas redes. Através dele é possível conversar com pessoas em qualquer lugar do planeta. Para isso, basta que ambos estejam conectados à internet.

Publicidade
Publicidade

Além da função de trocar mensagens de texto, o #WhatsApp acumula várias outras funções, como, por exemplo, o envio de áudio ou vídeo para outro usuário.

Diante de tantas funcionalidades, uma das poucas reclamações dos usuários é a impossibilidade de apagar mensagens que já foram enviadas. Mas tudo indica que essa exigência será atendida mais rápido que se imaginava. Está sendo divulgado por alguns sites de notícias que a empresa responsável pelo aprimoramento do software está testando a nova funcionalidade e que, assim que forem concluídos os testes, será disponibilizado para os aparelhos.

De início, houve algumas especulações que o tempo para apagar mensagem seria de 29 minutos. Todavia, a notícia mais recente aponta que o tempo deve ser reduzido para 2 minutos.

Esse novo recurso, que será denominado #Revogar, será bem diferente do apagar de hoje.

Publicidade

A principal diferença é que na versão atual, quando você clica em apagar, você só apaga a mensagem do seu aparelho, ou seja, a outra pessoa continuará com a mensagem do jeito que você a enviou.

Na nova versão, quando você optar por apagar nos primeiros 2 minutos, a mensagem também será apagada do celular do destinatário. Muitas pessoas gostaram de saber da novidade e disseram que irão fazer bom uso da funcionalidade. “Bom, em dois minutos dá para se arrepender daquele ''saudade'' ou ''eu te amo'' ou quaisquer palavras do gênero. Muito bom isso aí, vai salvar a dignidade de muita gente (risos)”, escreveu um internauta. #Tecnologia