O #Linkedin foi lançada em maio de 2003 com o objetivo de reunir pessoas com interesses profissionais. É uma rede social com o propósito de mostrar para as suas conexões (os amigos e conhecidos), seu currículo online. Mas não só de #Currículo o LinkedIn é feito.

Na plataforma também é possível produzir e compartilhar conteúdo. É um ambiente ideal que proporciona fluxo de assuntos.

Caçadores de talentos no LinkedIn

Para profissionais em início de carreira, o LinkedIn funciona como uma porta de entrada para o mercado de trabalho. Para os profissionais mais experientes também é uma boa forma de recolocação no mercado de trabalho.

Publicidade
Publicidade

A rede é utilizada por empresas de recursos humanos, ensino e negócios. Os headhunters, conhecidos como caçadores de talentos, têm a tarefa de analisar e selecionar os perfis que se encaixam em suas unidades de trabalho.

Captação de profissionais

Um exemplo de caçadores de talentos é a de uma empresa de telefonia. Em 2010, a empresa criou o desafio de transformar o Departamento de Recursos Humanos da empresa para diminuir a dependência dos serviços externos para captação de novos profissionais.

Foi então que a empresa aderiu ao LinkedIn para atrair e selecionar novos talentos. Hoje, a plataforma é vista como uma aliada das corporações.

Estrutura da plataforma

As pessoas em sua rede são chamadas de conexões que se dividem em primeiro, segundo e terceiro grau. Veja como contatá-las:

  • 1º Grau: São conexões ao qual o usuário está conectado diretamente através de um envio ou recebimento de convite feito por uma mensagem via LinkedIn.
  • 2º Grau: São conexões ligadas ao 1º grau do usuário. Para contatá-las é necessário enviar um convite ou um InMail, o email pago do LinkedIn.
  • 3 Grau: Conexões ligadas ao 2º grau do usuário. Para adicionar as conexões também é necessário enviar um convite ou um InMail.

O ícone de primeiro, segundo ou terceiro grau sempre aparecerá ao lado da imagem no perfil.

Publicidade

Perfil, página e grupo

O perfil é a porta de entrada e a atividade mais importante. É onde você pode publicar sua foto, a sua área de trabalho e onde trabalha atualmente, fazer um resumo do histórico profissional e publicar e compartilhar artigos. Se bem preenchido, pode aparecer na primeira página de busca do Google.

As páginas são úteis para as empresas, pois permitem que suas marcas sejam construídas e fortalecidas. É possível apresentar seus produtos e serviços, ofertar vagas e recomendações. É diferente do que acontece com as páginas no Facebook, onde a comunicação é direcionada ao business to consumer (para o consumidor). No LinkedIn, a comunicação é voltada ao business to business (para o profissional).

Os grupos são os locais dentro da plataforma onde é possível agregar as conexões com interesses profissionais comuns. Qualquer participante da rede social pode criar grupos, independente da quantidade e convidar sua conexões para fazer parte, além de poder seguir até no máximo 50 grupos.

Publicidade

Os grupos são divididos em cinco áreas:

  • Debates: Aberto a todos os integrantes para debates e discussões de comentários e trocas de ideias.
  • Promoções: Espaço dedicado para as promoções colocadas por integrantes do grupo.
  • Empregos: Espaço para divulgar oportunidades de emprego.
  • Notícias: Divulgação de notícias importantes relacionadas ao grupo.
  • Subgrupos: Grupos criados dentro do grupo principal.

Turbine o seu perfil

Confira algumas dicas aqui para turbinar o seu perfil:

  • Foto: seu perfil precisa ter foto, e uma foto de qualidade e que passe credibilidade.
  • Experiências: Descreva seu trabalho atual e os anteriores usando palavras-chave. Adicione um portfólio com seu material já publicado.
  • Competências: Adicione as competências adquiridas ao longo de sua vida profissional. É importante também ter recomendações, elas aumentam as chances de ser visto.
  • Experiências com trabalhos voluntários: É a parte mais pessoal do perfil. É importantíssimo para os recrutadores e podem lhe aproximar da vaga sonhada.
  • E por fim, o resumo profissional: É o primeiro item que o recrutador procura. Para aumentar suas chances escreva no mínimo 40 palavras sobre seu histórico e use as palavras-chave correspondentes a sua área.

Deixe seu perfil no LinkedIn atualizado e aumente as chances de ser encontrado por um recrutador. #Redes Sociais