Nas últimas semanas, muitos de vocês tem visto e ouvido vários youtubers reclamarem da plataforma em que trabalham. As reclamações dizem que o #YouTube tem rendido menos dinheiro e também tem cortado a monetização de vários produtores de conteúdo. O motivo para essa causa é que o YouTube tem tentado se encaixar em um estilo familiar, um estilo para amigos. Por esse motivo, ele tem evitado que conteúdos agressivos, racistas, pornográficos, vídeos que passam mensagens de ódio, sejam assistidos e que ganhem destaque.

É o fim para vários youtubers?

Infelizmente a resposta é sim. A partir de agora, Youtubers que produzem esse tipo de conteúdo irão ser afetados pelas drásticas leis da plataforma.

Publicidade
Publicidade

Eles não terão direitos de destaque em vídeos, terão a monetização de seus vídeos cortados e estarão sujeitos a restrição de idade em seus conteúdos. Caso algum de seus vídeos venha a receber um grande alcance de visualizações nas primeiras horas que o vídeo for lançado, eles não irão possuir o direito de ter seu vídeo em alta, devido aquele conteúdo não se encaixar nas normas padrões da plataforma.

Por que a monetização não se disponibiliza para youtubers pequenos?

Devido a grande mudança que ocorreu na plataforma, a monetização não está mais disponível pra produtores de conteúdo que contém menos de 10 mil visualizações em seus canais no YouTube. Essa mudança ocorreu devido a uma grande confusão na distribuição dos anúncios que o YouTube disponibiliza para diversos vídeos. E como são diversos anúncios e vídeos, o YouTube acaba não tendo controle total nesse área.

Publicidade

E com isso as grandes empresas que patrocinam essa grande plataforma viram que seus anúncios estavam sendo exibidos em vídeos que contém conteúdos agressivos, imorais e etc. E por isso o Youtube veio a perder grandes patrocinadores, com isso decidiram disponibilizar anúncios só para canais com mais de 10 mil visualizações, pois iriam possuir uma melhor distribuição nessa área e iriam evitar problemas em relações a isso

Como será o YouTube agora?

A parti de agora, o YouTube irá dar um destaque bem maior para aqueles que produzirem um conteúdo family friendly, ou seja, um conteúdo para que toda a família possa assistir, sem se preocupar com palavras, gestos obscenos ou qualquer coisa que venha trazer um aprendizado diferente para os mais jovens. Então, com isso, o YouTube deixou 2 opções para os produtores de conteúdo. Ou muda o estilo de seus vídeos para um conteúdo family friendly ou continuem com seu estilo de vídeo, porém serão prejudicados com muitas coisas dentro da plataforma #mudanças do youtube