Por #food service define-se o mercado da produção de alimentos ao consumidor final, é a alimentação preparada fora de casa, fornecida por restaurantes, fast food, quiosques de alimentação e food trucks.

O mercado de food service cresceu rapidamente no Brasil na última década e continua avançando, em uma velocidade menor e atualmente enfrentando um forte inimigo: a crise econômica que o país atravessa. Apesar disso, o segmento, desde que tenha uma boa #Gestão, consegue se manter firme, uma vez que o consumidor não dispensou o hábito de comer fora, apenas se readequou a uma nova situação: a de controlar as finanças durante um período de recessão.

Publicidade
Publicidade

Nesse contexto, o fast food precisou, mais do que nunca, encontrar formas de ter uma gestão eficiente e de fidelizar seus clientes.

Há alguns desafios bem claros ao segmento de food service, alguns já os encararam e promoveram melhorias e otimização em seus serviços, outros aindam tentam andar na contramão das tendências e enfrentam problemas para passar pelos momentos turbulentos.

Principais desafios que o setor de food service enfrenta:

Sobreviver à crise

Se em tempos de estabilidade econômica já é um desafio enfrentar a concorrência, imagine em tempos de instabilidade na economia e de um alto número de desemprego. Enquanto os insumos aumentam de preço, o consumidor final "aperta os cintos" e o setor de food service passa a sentir a diferença em sua receita. Há solução? Sim. A automatização por meio de soluções tecnólogicas interliga os processos e dá uma visão do todo ao empreendedor, que passa a ter uma melhor gestão administrativa e financeira.

Publicidade

Ter relatórios em tempo real, por exemplo, faz com que esse empreendedor consiga acompanhar de forma mais eficiente o andamento do negócio e otimizar custos, recursos e tempo.

Adaptar-se às inovações

Adaptar-se ao novo pode garantir o crescimento de um empresa do food service. Por "inovações" entenda: novas tecnologias, novos hábitos alimentares dos clientes e novas formas de fazer o produto chegar ao consumidor final, por exemplo.

As novas tecnologias são as soluções informatizadas que a cada dia apresentam novas ferramentas de gestão e que objetivam melhores resultados. Os novos hábitos alimentares são as novas opções que podem ser oferecidas ao cliente - "abrir o leque" pode ser bem vantajoso. As pessoas estão cada vez mais preocupadas em ter uma alimentação saudável, por exemplo. Se o estabelecimento oferecer mais opções em alimentos naturais e orgânicos, vai atrair um público a mais.

As novas formas dos alimentos chegaram até o consumidor dizem respeito a não deixar seu cliente sem acesso ao seu produto.

Publicidade

Quantas vezes ele não pode sair do trabalho no horário de expediente, mas gostaria de comer a comida do seu restaurante - só que não tem delivery. Que tal pensar nisso? Mas fazer o alimento chegar até o cliente pode ser visto de outras formas, como a expansão dos negócios. Abrir um quiosque em um shopping ou centro comercial, é um exemplo. Outro exemplo são os foods trucks, que têm sido um grande sucesso nos últimos anos.

Fidelizar o cliente

Os exemplos citados no item anterior são também formas do empreendedor fidelizar o seu cliente. Outras formas de garantir que o cliente sempre lembre de sua marca é, além de oferecer uma comida saborosa, lembrá-lo por meio de correspondência eletrônica. Enviar emails com promoções ou com um desconto especial no mês de aniversário, mandar atualizações do site ou blog de sua empresa etc. Mostrar ao cliente que ele não é apenas mais um, faz com que ele se sinta especial e é uma ótima forma de fidelizá-lo.

Sustentabilidade – evitar o desperdício

Garantir a sustentabilidade faz bem ao meio ambiente e bem ao negócio. Modelo de gestão zero desperdício devem ser o objetivo a ser alcançado. Isso reflete em vários aspectos, mas em dois de forma bem significativa: a questão do desperdício enquanto há fome e a questão de redução de despesas.

Soluções para os desafios: amarrando as pontas

Os tópicos citados como desafios do food service estão todos interligados e pode parecer complicado achar soluções para cada um deles, mas o que talvez não se saiba é que se pode ter ferramentas que já os tenha conectados.

As soluções TOTVS para bares e restaurantes, por exemplo, dão ao gestor várias interfaces, como controle de estoque, atendimento ágil (cozinha e atendimento conectados) e gerenciamento de mesas (pode-se ter o controle completo do fluxo e da disponibilidade de lugares).

Essas soluções tecnológicas se estendem aos food trucks, possibilitando que um pedido seja fechado em questão de segundos, evitando assim, o problema de filas.

As tecnologias disponibilizadas pela TOVTS vão além disso. Os sistemas de gestão também gravam as preferências dos clientes, são totalmente adequados às legislações fiscais, possibilitam o controle receitas e despesas, de compras e muitos outros serviços.

Tendo a gestão de forma organizada e com acompanhamento em tempo real, fica muito mais fácil fidelizar o cliente, garantir a sustentabilidade e evitar os desperdício, afinal, você terá controle mais rígido sobre as necessidades diárias de insumos, evitando assim grandes sobras de alimentos. Com todos os setores alinhados, a gestão funcionará bem melhor e a empresa estará firme e forte diante das adversidades – e quando a economia estabilizar, não há valor que consiga mensurar o retorno que se teve ao aderir às soluções informatizadas. #Tecnologia