O #WhatsApp é considerado por muitos como um dos aplicativos mais seguros que existem. Basta verificar a dificuldade que a Justiça enfrenta para conseguir acesso às mensagens que são trocadas no APP entre alguns usuários suspeitos, pois a empresa afirma que as informações são criptografadas e impossíveis de serem visualizadas por quem quer que seja.

Entretanto, a #Segurança do WhatsApp não é assim tão eficiente e o que muitos usuários não sabem é que eles estão tendo suas informações analisadas por servidores externos ao da empresa. A princípio, pode até não parecer muita coisa, mas mostra que existe uma imensa brecha na segurança e que pode começar a ser explorada por hackers muito em breve, caso nada seja feito.

Publicidade
Publicidade

Vazou um vídeo na internet mostrando que o WhatsApp não consegue oferecer total proteção e privacidade para os seus usuários, pois os endereços privados de IP podem ser não só vistos, como também analisados por sites externos. O 'endereço IP' é como uma identidade que ganhamos quando acessamos a internet e este número pode dizer muito ao seu respeito.

O problema em questão é que este número fica exposto para servidores externos quando você recebe ou compartilha o link de algum site. Quem é usuário do WhatsApp sabe muito bem que quando enviamos ou recebemos o endereço de um site, o aplicativo mostra um 'previews' daquela página, exibindo inclusive o título da matéria e até mesmo uma imagem e é aí que está a falha de segurança.

É que neste momento o WhatsApp exibe um site que está fora de seus servidores, obrigando que seu endereço IP seja usado para realizar a conexão.

Publicidade

O site em questão consegue 'ver' o seu IP e, assim, pdoe saber de que região você está acessando a internet, dia, horário, entre outras informações.

Até o momento, o WhatsApp não respondeu o que pretende fazer sobre isso, o que levanta a suspeita de que não há nada a ser feito, a não ser que seja bloqueada a opção de compartilhar links, o que prejudicaria muito a empresa, pois os usuários poderiam até deixar de usar o aplicativo e buscar outras soluções. É que para exibir o site, mostrando este 'preview', é preciso fazer a conexão com o servidor externo.

Um vídeo divulgado pelo youtuber Colin Hardy mostra justamente essa interação do WhatsApp com servidores externos. É nesse momento que a privacidade vai por água abaixo, já que é possível identificar onde o usuário se encontra simplesmente analisando seu IP.

Abaixo você poderá visualizar melhor através do vídeo, como tudo acontece:

#Tecnologia