Os sistemas de negociação atuais trabalham dentro de um modelo centralizado. De modo a garantir que as partes se sintam seguras em transacionar com seus pares, a figura do “intermediário” existe como um elemento neutro e confiável, capaz de fornecer as partes envolvidas a tranquilidade necessária para execução de contratos e transações de negócio tendo a certeza de que o processo ocorra sem que hajam fraudes e de que os termos fixados desde o início da negociação sejam respeitados.

Nesse modelo, as partes envolvidas na negociação se tornam completamente dependentes do intermediário, o que faz com que tanto clientes como fornecedores tenham que pagar valores substanciais por essa confiança aparente, além do fato de ao entregar a esse intermediário o “controle” de suas operações, tanto cliente como fornecedor se colocam numa situação onde qualquer falha no sistema desse intermediário traria um grande impacto nas transações vigentes.

Publicidade
Publicidade

E como os Contratos Inteligentes podem me ajudar com isso ?

Primeiramente, vamos entender o que um Contrato Inteligente é por definição. Basicamente, um Contrato Inteligente é um programa de computador, que armazena as regras de negócio previamente estabelecidas entre as partes nos termos de um contrato, verifica que as condições desse contrato sejam atingidas executando os termos desse acordo automaticamente.

Através desse mecanismo, a figura do intermediário não se faz necessária, pois as partes podem transacionar entre si sem se preocupar com a confiança que tenham um no outro, já que os mecanismos implícitos no Contrato Inteligente sempre garantirão que a execução do contrato se dê apenas quando os indivíduos cumprirem seus papéis, de acordo com as regras estabelecidas previamente nos termos do contrato.

Publicidade

Um Contrato Inteligente poderia por exemplo executar os acordos de um contrato do mesmo modo que um sistema de tradicional, onde ao obter a confirmação de um pagamento um determinado produto deverá ser enviado, e ao confirmar o recebimento do produto o pagamento é liberado.

Além disso, o armazenamento dos Contratos Inteligentes na Blockchain permite que todas as partes tenha acesso a essa informação, garantindo assim que não haja um único ponto de falha, além de possibilitar auditoria e rastreabilidade através dos princípios de imutabilidade da Blockchain [VIDEO]. Uma das partes por exemplo não seria capaz de alterar os termos de um contrato, pois isso seria identificado pelos demais integrantes da rede e a alteração rejeitada.

As principais vantagens dos contratos inteligentes poderiam ser descritas como possibilidade de clientes e fornecedores efetuarem negócios diretamente, sem a necessidade de um intermediário reduzindo assim substancialmente os custos envolvidos nessas transações.

Publicidade

Além disso, os mecanismos implícitos de verificação dos termos do contrato, garante que clientes e fornecedores possam negociar sem preocupações em termos de confiança. Por fim, através do processamento descentralizado, elimina-se o problema do ponto único de falha, garantindo assim continuidade do negócio.

Essa é com certeza uma #Tecnologia que veio para ficar, e nos próximos anos devemos cada vez mais nos deparar com novas aplicações e possibilidades ainda não pensadas. Além disso, seu uso prático deve gradativamente começar a substituir o modelo atual, iniciando uma nova era, da confiança como algo habitual e implícito. #Inovação #Bitcoin