Publicidade
Publicidade
2

Para quem não sabe, o #Facebook mantém um #aplicativo integrado junto ao seu serviço, o messenger. De acordo com as normas, menores de 13 anos não são permitidos legalmente a ter uma conta no Facebook. No entanto nesta segunda-feira (3), a empresa resolveu lançar um aplicativo para menores. A decisão foi questionada por muitos usuários da internet, nos EUA e aqui no Brasil.

O aplicativo em questão trata-se de uma versão mais aprimorada do Messenger, por isso o nome Messenger Kids. O Messenger do Facebook já vem com filtros, mas o diferencial do Messenger Kids estaria em um controle mais arrojado dos pais ou responsáveis.

Publicidade

Segundo o Facebook o aplicativo dá maior 'poder' aos responsáveis

O Facebook acredita que muitos menores já usam aplicativos que são proibidos para sua idade, e com o lançamento deste aplicativo tendem a dar maior poder aos responsáveis das crianças menores de 13 anos, por vários fatores que ajudam os pais a terem um maior controle.

Segundo o Facebook, os pais tem que baixar o aplicativo no celular dos filhos, além de configurar a conta que deverá ser utilizada no bate-papo, após isso o menor não precisa colocar número do telefone ou qualquer conta do Facebook para poder acessar o aplicativo (Messenger Kids).

As vantagens reais do aplicativo para menores lançado pelo Facebook

Além das vantagens citadas anteriormente, um dos grandes diferenciais é que os responsáveis é que decidem a aprovação do novo contato ou não, o que é uma preocupação a menos para os pais e ou responsáveis.

Publicidade

Os pais (ou responsáveis) também podem escolher se os menores podem enviar fotos e vídeos, conversas em vídeos é outra coisa que passa pela escolha dos responsáveis. O Facebook também afirmou que o Messenger Kids não coletará dados das crianças para mostrar propagandas.

Aplicativo lançado pelo Facebook é questionado na internet, alerta aos pais e responsáveis

Na internet muitos questionaram a presença de pedófilos, e inclusive sendo contra a decisão da empresa, nos meios de comunicação. "Gostaria de saber onde que este programa impede que um adulto se cadastre autorizando ele mesmo como criança menor a se comunicar com outras crianças." questionou um internauta, "Verdade!!!" disse outro; "Quem aceita os contatos do filho é o pai. E é o pai quem decide se o filho pode ter acesso a fotos e vídeos. Se o pai tiver acesso a todo o histórico das conversas está ótimo. É melhor que o ZapZap que o pai não tem a menor ideia do que acontece" replicou outro. Ambos do s*xo masculino.

"O que adianta se quando a criança passa na rua tem gente pelad* e quando vai aos museus tem petistas pervertidos expondo suas perversões?" afirmou um internauta.

Publicidade

O aplicativo poderá ser utilizado por crianças de 6 anos de idade, o que não foi noticiado nem informado pelos principais 'grandes' meios de comunicação do Brasil.

Não é só no Brasil que existe a preocupação dos responsáveis, nos Estados Unidos o pronunciamento também vem causando críticas e muita preocupação por parte da sociedade, que em sua maioria é conservadora.

O aplicativo Messenger Kids ainda não está disponível no Brasil, por ora apenas nos EUA para iOS e Android.

As informações são do portal G1 e do site americano Wired.

Aqui a sua voz conta! Qual sua opinião sobre o fato? Você pode responder a estas e outras perguntas, copiando e colando o endereço deste artigo em qualquer mídia social junto a um comentário. #Tecnologia