Você se lembra da série Power Rangers? Bom, quem era criança ou adolescente em 1995 com certeza se lembra e tinha seu Ranger favorito. A série, que completou 20 anos em 2013, fez tanto sucesso no Brasil, que a dupla Sandy & Junior lançou até a música "O Mundo precisa de vocês (Power Rangers)". Exibida no Brasil pela Rede Globo a partir de 1995 e depois pela Rede Bandeirantes em 2011, a série esteve presente na infância e adolescência de muitos marmanjos. Várias temporadas foram criadas desde 1993 e se estenderam até esse ano, mas nenhuma se comparou às primeiras temporadas da série original.

"E que o poder esteja com vocês!"

"Hora de morfar: Dragonzord , Mastodonte, Pterodáctilo, Tricerátops, Tigre Dente-de-Sagre, Tiranossauro!"

Mas por andam os artistas que deram vida aos Power Rangers das primeiras temporadas?

Kimberly (Amy Jo Johnson): Power Ranger Rosa - 1993 a 1996

Após sair da série, Amy fez vários trabalhos na TV e no cinema, além de se dedicar à carreira musical e à sua primeira filha, Francesca, que nasceu em 2008.

Publicidade
Publicidade

Na TV: De 1998 a 2001, ela fez a personagem Julie na série 'Felicity', onde lançou sua música "Puddle of Grace" na trilha sonora da série. Depois entrou para o elenco da série 'The Division' (2003-2004), em que interpretou Stacy. De 2005 a 2007 interpretou Tina Sharp na série 'Wildfire'. Mas seu maior sucesso viria com a série 'Flashpoint', onde interpretou Julles, única mulher da equipe da Strategic Response Unit de 2008 a 2012, quando a série infelizmente chegou ao fim. A atriz é a mais nova integrante do elenco da quinta temporada da série 'Covert Affairs'.

No cinema: trabalhou em vários filmes. Os de maior destaque foram: 'O Terror ronda a Escola' (1997), 'Na estrada do Rock' (1999), 'Viagem sem Destino' (2002) e 'Magma' (2006). Seus últimos trabalhos foram no filme 'Olhos de Tigre' (2012) e 'BENT' (2013 - como diretora, produtora e atriz).

Publicidade

No mundo da música, Amy lançou 5 álbuns: O primeiro foi lançado em 2001, 'The Trans-American Treatment', seguido por 'Imperfect' (2005), 'Since You're gone' (2007), 'Dancin in-Between' (2008) e 'Never Broken' (2014).

Jason (Austin St. John): Power Ranger Vermelho de 1993 a 1995 e Power Ranger Dourado em 1996

O ator pediu para deixar a série em 1995. Participou de 17 episódios em 1996 e de alguns filmes dos Power Rangers e fez uma pequena participação no filme 'Buffy, A Caça Vampiros' (1998). Segundo boatos, ele atualmente trabalha como instrutor de artes marciais e como bombeiro paramédico em Virgínia, subúrbio de Washington D.C, EUA. Além de ainda participar de eventos de fãs da série.

Zack (Walter Emanuel Jones): Power Ranger Preto - 1993 a 1995

Também decidiu deixar a série para buscar papéis em Hollywood. Após isso, o ator ainda dublou alguns vilões da série. Fez participações em algumas séries como 'Malibu Shores' (1996), 'Buffy A Caça Vampiros', 'Space Cases', 'Familly Matters' e 'The Shield'.

Publicidade

Ganhou papéis de destaque nos filmes independentes 'The Dogwalker' (1999) e em 'Backyard Dogs' (2000). Atualmente, dá aula de artes marciais e também participa de eventos de fãs da série.

Tommy (Jason David Frank): Power Ranger Verde - 1993 a 1998 - Power Ranger Branco - 2004

Jason voltou à série em 2004 para interpretar o Ranger Branco. Fez vários investimentos financeiros, abriu uma academia e dá aulas de caratê. A partir de 2009, começou a lutar MMA. Em 7 de setembro de 2013, o ator e lutador esteve em São Paulo para participar do evento 4Fun Fest (evento que traz atores que interpretaram personagens que foram marcantes na infância de muitas pessoas). Comemorando 20 de anos da série, ele vestiu a armadura do Ranger Verde, tirou fotos com os fãs e respondeu a algumas perguntas.

Trini (Thuy Trang): Power Ranger Amarela - 1993 a 1995

Foi uma das atrizes que também pediu para deixar a série. Conseguiu apenas um papel no filme 'O Corvo - Cidade dos Anjos' (1996). Morreu em 2001, aos 28 anos, em um grave acidente de carro.

Billy (David Yost): Power Ranger Azul - 1993 a 1997

Abandonou a série em 1997 alegando baixo salário, mas revelou o verdadeiro motivo em 2010: era homossexual e sofria preconceito nos bastidores. Participou do curta-metragem "Who ever told You it was Okay to dream anyway...?" (2010). O ator participou por 2 anos da terapia de conversão conhecida como 'Pray the Gay Away', que inclusive oferecia aos pacientes tratamento de choque para que deixassem de ser homossexuais. Depois de terminar o tratamento, o ator teve um colapso nervoso e teve que ser internado por 5 semanas em uma clínica psiquiátrica. O ator investiu na carreira de produtor de séries de TV e de reality shows no Canadá e nos Estados Unidos, na qual tem sido bem sucedido. Algumas de suas produções de destaque foram as séries "Temptation Island" (2001) e o segmento de "The Real Housewives of Beverly Hills". #Entretenimento #Famosos #Seriados