Informação, #Entretenimento, diversão, passatempo. Diariamente milhões de pessoas param em frente à TV para saber o que está acontecendo até do outro lado do planeta. Uma grande aliada na comunicação, desde a década de 50 os brasileiros ganharam uma companhia. Educativa, mas às vezes polêmica, a #Televisão tem hoje um grande espaço.

A programação televisiva tem um grande desafio: agradar a pessoas de todas as classes sociais, todas as idades, religiões, sexo e formação. Existem programas que agradam a certas pessoas, mas podem desagradar a maioria, e vice-versa.

No Brasil, a TV aberta é a mais popular. Com o sinal disponível gratuitamente para todos, como então as emissoras conseguem captar recursos para financiarem seus gastos na produção de conteúdo e até mesmo lucrar? Por meio de cotas comerciais.

Publicidade
Publicidade

Dependendo do programa, grandes empresas produzem comerciais e pagam para a emissora exibir o conteúdo de vídeo publicitário. Com o alcance que tem a televisão, fica fácil alcançar pessoas de todos os tipos.

Por ser assistida por pessoas de gostos diferentes, os programas sempre enfrentam dificuldades para ter aceitação e logicamente tem de lidar com as críticas. Como se não bastasse, a televisão ganhou uma nova concorrente de peso - a internet. Cada vez mais essa ferramenta é utilizada para comentar a programação televisiva. E esses comentários nem sempre são bons.

Muita gente passou a ser crítica ferrenha da televisão, expressando frases como "Sorria, você está sendo manipulado". Mas será que no mundo em que vivemos a TV é a principal "mentirosa manipuladora" como pregam?

Pensando bem, é impossível não ser influenciado a comprar algo ou agir de uma forma diferente da que você agiria.

Publicidade

Pessoas religiosas, por exemplo, são constantemente bombardeadas com normas que precisam ser seguidas, se quiserem continuar nas suas igrejas. Muitos são privados de coisas simples que faziam e tem de fazer uma reforma gigante em suas vidas. Isso não seria manipulação? Pena que quando alguma emissora exibe alguma coisa que para alguns não é natural ou importante, chovem as críticas. Mas e o próximo, não precisa ter seus direitos e preferências respeitados? Cabe refletir sobre isso!

Hoje a televisão ainda tem grande participação na vida das pessoas. Não à toa, a família mais rica do Brasil é dona de uma rede de #Mídia, o que comprova que a televisão fatura, e muito. Se haverá mudança no seu lucro e programação, só o tempo dirá.