Grande notícia para os fãs dos The Smiths: o livro autobiográfico de Morrissey, já lançado pelos norte americanos, tem edição revisada e é liberado sem cortes. Para quem não sabe, Steven Patrick Morrissey, de Manchester, foi vocalista de um grupo inglês, os The Smiths. A banda começou e terminou nos anos 80. Morrissey, em carreira solo, lançou seu primeiro álbum em 1988, o Viva Hate, e alcançou o primeiro lugar nas paradas do Reino Unido. O músico é conhecido por seu enorme talento e irreverência. Corre na boca miúda que o rapaz tem aspirações no campo social e anda pelo mundo, entre nobres e plebeus, fazendo política. Ou pretendendo fazer...

Publicidade
Publicidade

Voltando à sua autobiografia, com o nome de Autobiography, Morrissey fala sobre a própria vida e obra. Quem leu o livro comenta sobre o rebuscado do estilo e das inúmeras páginas gastas para contar, em detalhes, sobre o embate judicial com outro integrante da banda. Parece que o baterista ficou insatisfeito com a grana recebida por participar do grupo. E Morrissey foi condenado a pagar. Quando as memórias de Moz foram lançada nos EUA, em dezembro passado (menos de dois meses depois de seu lançamento UK), três frases detalhando seu relacionamento com Jake Walters, um fotógrafo britânico, foram retiradas do livro.

Duas outras sentenças foram otimizadas e uma imagem de Walters foi excluída. A Penguin, editora do livro, se recusou a comentar sobre essas mudanças. Agora, sem explicação, essas alterações foram desfeitas e liberadas para a edição norte americana em paperback e deve chegar às lojas em 4 de novembro.

Publicidade

A Billboard procurou a editora para saber o motivo das passagens cortadas e agora liberadas. Aqui estão as três frases cortadas:

- "Nesta foto, fui fotografado para a revista Creem com a minha cabeça apoiada na barriga exposta de Jake."

- "Em alguns momentos, Jake e eu testamos nossa tolerância e gritamos insanamente."

- " Bem", disse a mulher no salão da British Airways, "Vocês parecem ser irmãos muito próximos ou amantes."

- "Não é possível que irmãos sejam amantes?, eu descaradamente respondi."

Embora nunca se saiba exatamente dos motivos pelos quais o livro foi censurado em primeiro lugar, pelo menos podemos nos dar por satisfeitos que o livro Autobiography já esteja disponível nos EUA em sua versão original. Se você não leu ainda (e você deve), esta é uma boa oportunidade para obter uma cópia. #Entretenimento #Música #Livros