A programação das emissoras de TV deve passar por reformas no ano de 2015. Já informamos que a Record vai substituir os atuais apresentadores do Hoje em Dia; a Globo montou uma programação especial de 50 anos e a Band vai exibir séries americanas inéditas, como Glee. Além dessa novidade, o jornalista e agora também apresentador Luiz Bacci, deve ser realocado em novo horário. Atualmente apresentando o programa "Tá na Tela" nas tardes da emissora (às 15h30), ele passará a apresentar a edição nacional do matutino "Café com Jornal", a partir das 8h00.

Diz-se que o motivo principal do fim do programa "Tá na Tela" não é somente a audiência, que vem oscilando entre 2 e 5 pontos nos melhores dias, mas sim o corte de gastos que a Band viu ser necessário para o ano que vem.

Publicidade
Publicidade

Porém, os programas vespertinos da Band parecem ser "amaldiçoados". Nenhum deles consegue se manter por muito tempo no ar, sendo logo substituídos por séries estrangeiras.

O Tá na Tela com Luiz Bacci, e direção de Rodrigo Branco, faz apenas pouco mais de quatro meses que está no ar, mas já foi decretada a sua eliminação da grade. Antes dele, a Band tentou fazer andar o "Muito Mais", com a apresentadora Adriane Galisteu, Rita Batista, Lysandro Capila (ex-produtor do Caldeirão do Huck) e o comentarista de fofocas Gominho (ex-participante de A Fazenda 6). A direção também era de Rodrigo Branco.

Voltado para os bastidores do mundo do #Entretenimento, os telespectadores podiam interagir com o programa, sugerindo pautas de reportagem ou comentando as que iriam ao ar. Em um determinado episódio, a apresentadora Adriane Galisteu simulou sobrevoar a sede do reality-show A Fazenda, o que é proibido.

Publicidade

Apesar de polêmico e atraente, a Band não deixou o Muito+ passar mais de um ano no ar. Com estreia em 9 de janeiro de 2012, ele foi extinto em 5 de outubro do mesmo ano. Um dos motivos foi a chegada do "Programa da Tarde" pela Record, que competindo diretamente com o Muito Mais, abocanhou parte de sua audiência. O programa foi substituído, como é de praxe, com séries americanas, como Os Simpsons.

Outro programa que será descontinuado é o que antecede o "Tá na Tela": o "Sabe ou Não Sabe" com André Vasco (ex-SBT), também corre o risco de ser removido das tardes da emissora, segundo fontes familiarizadas com o assunto.

Luiz Bacci não está conseguindo ter o destaque que procurava na Band. A audiência que ele conseguia na Record, também não se equipara a da Bandeirantes. Será que o "Menino de Ouro" está decepcionado? Ou ainda feliz por estar caminhando com as suas próprias pernas? #Televisão #Comunicação