A Sony voltou atrás e resolveu estrear o já polêmico filme "A Entrevista". Mesmo assim, o tipo de estreia vai ser diferente do previsto. A empresa decidiu lançar a comédia em plataformas online como o Youtube e Xbox. O filme será exibido hoje (25) no Youtube. No Xbox e Google Play, "A Entrevista" ficará disponível para aluguel.

A estreia havia sido adiada sem data definida para lançamento após o filme ter sido alvo de ameaças de hackers, que divulgaram mensagem de ataque terrorista nas salas que exibissem o filme. O Youtube é conhecido pela distribuição gratuita de vídeos, mas o acesso ao filme será feito por meio de locação online.

Publicidade
Publicidade

A decisão veio após a Sony debater com o Google alternativas para exibir o filme. Ao fim do debate, a empresa decidiu que algumas poucas pessoas não poderiam determinar os limites da liberdade de expressão de um outro país, ainda mais quando o assunto é um filme de comédia. Além das parcerias fechadas para exibir o filme, a Sony também irá exibi-lo em seu próprio site. A empresa tentou fechar parceria com a Apple, mas sem sucesso.

A estreia online vai coincidir com a estreia ao vivo em centenas de cinemas independentes do país - apenas as grandes e principais redes desistiram da estreia. O filme estreou à 0h de hoje. Toda a polêmica envolvendo o filme fez com que os ingressos esgotassem e fossem formadas filas de espectadores ansiosos para conferir a obra. O diretor do filme Evan Goldberg e o ator e roteirista Seth Rogen apareceram de surpresa numa sessão lotada em Los Angeles.

Publicidade

Mesmo que o filme tenha estreado em 300 cinemas independentes, eles não deixaram de tomar medidas de segurança contra qualquer possível ataque. Todos os cinemas garantiram trabalhar junto à polícia de suas cidades. Na entrada dos cinemas, muitas pessoas afirmavam que só foram assistir o filme por causa da controvérsia ao seu redor, como um ato político defendendo a liberdade de expressão.

Mesmo estando disponibilizado em serviços online de vídeo, a sua exibição se limita apenas aos Estados Unidos - pelo menos por enquanto. Para alugar o filme, é necessário usar cartão de crédito do país. Além disso, o endereço de IP tem que ser americano. O aluguel do filme custa US$5,99. No Brasil, a estreia estava prevista para o fim de janeiro de 2015, mas foi cancelada e não tem previsão de nova data. #Entretenimento #Cinema