Todos os anos, as listas de indicações das principais premiações da #Televisão e #Cinema agradam, surpreendem, mas também desagradam a alguns. É comum que muitas pessoas esperem indicação para determinada série ou filme e isso não aconteça. Ou uma série ou filme que ninguém imaginava (ou concordava) receber indicação. Ou mesmo uma série que muitas pessoas esperavam uma indicação, mas não imaginavam que isso aconteceria de verdade.

A lista de indicados ao Globo de Ouro 2015 surpreendeu de cara ao esquecer (finalmente?) indicações já manjadas de séries de comédia como Modern Family e The Big Bang Theory. Ainda que críticos considerem que a temporada foi fraca para as comédias, foi refrescante ver a inovação que a premiação fez.

Muitos especialistas imaginaram que Laura Dern seria uma das cinco indicações a atriz coadjuvante por seu papel em "Wild", por sua brilhante atuação. Mas isso não aconteceu. David Fincher recebeu indicação a melhor diretor por "Garota Exemplar", assim como Rosamund Spike recebeu indicação a melhor atriz, mas o filme não foi indicado a melhor drama ao lado de "Birdman" e "O Grande Hotel Budapeste".

Muitos especialistas também não esperavam nenhuma das indicações a melhor atriz de comédia. O desempenho de Amy Adams, sempre elogiada em outros filmes, foi considerado fraco em "Grandes Olhos". E Julianne Moore está sendo extremamente elogiada por seu papel em "Para Sempre Alice" - a atriz é a favorita para ganhar o prêmio de melhor atriz de drama -, mas sua indicação a melhor atriz de comédia por "Mapa Para as Estrelas" divide opinião.

Outra esnobada inexplicável foi sobre Mad Men. Nenhuma indicação para melhor drama. Nenhuma indicação para Jon Hamm. Ou Elisabeth Moss. O que o Globo de Ouro tem contra a série? The Americans também não recebeu atenção, mesmo que a série esteja sendo continuamente elogiada por críticos.

A atenção que The Affair ganhou também divide opiniões. Ainda que Ruth Wilson tenha sido elogiada por outros trabalhos, a maioria das pessoas não concorda com sua indicação, por tirar o espaço de outras atrizes como Elisabeth Moss, Tatiana Maslany ou Lizzy Caplan. A série não costuma ser considerada vigorosa o bastante e menos envolvente dramaticamente do que Hannibal, Mad Men, Masters of Sex, Rectify, The Americans ou Bates Motel.

Ano das mulheres? Quatro das cinco melhores comédias são feitas por mulheres! Orange Is The New Black, Transparent, Jane the Virgin e Girls são todas focadas em personagens femininas e contam com personagens femininas coadjuvantes igualmente fortes.

Sobre as minisséries, True Detective e Fargo merecem suas indicações e elogios, mas muitas pessoas sentiram falta de American Horror Story fazendo parte da lista. Esse ano, American Horror Story ganhou indicações apenas para Jessica Lange e Kathy Bates.

Confira aqui a lista dos principais indicados ao Globo de Ouro 2015. E confira quais foram as melhores séries de 2014 de acordo com a Vulture aqui. #Famosos