Sempre que você descobre que saíram as indicações ao Oscar, você pode ter certeza que há pelo menos algumas esnobadas e surpresas. E a lista de indicados de 2015 trouxe diversas surpresas que ninguém esperava ou esnobadas em atrizes amadas que acreditavam estar com sua indicação já em mãos. 

Veja abaixo 8 momentos que fizeram nossos queixos caírem após a lista de indicados ter sido divulgada na última quinta (15).

Marion Cotillard

Talvez essa seja a maior surpresa. É verdade que Marion Cotillard recebeu uma tonelada de críticas positivas sobre sua atuação no filme "Dois Dias, Uma Noite". Mas o nome dela não estava sendo cogitado quando surgiu na corrida ao Oscar.

Publicidade
Publicidade

Ela não foi indicada ao Globo de Ouro, por exemplo, premiação que indica dez atrizes (cinco pela categoria de drama e cinco por comédia).

Ao mesmo tempo que ela foi indicada - merecidamente, diga-se de passagem -, grandes estrelas como Jennifer Aniston e Amy Adams - que foram indicadas aos outros eventos - ficaram de fora. De qualquer forma, é refrescante ver a Academia fugindo do óbvio e saindo da sintonia com todas outras premiações da temporada. E Marion merece todo amor que está recebendo. 

Jennifer Aniston

Que dia decepcionante para a estrela de "Cake". Sua performance dramática foi tão surpreendente no filme de Daniel Barnz que ela ganhou a crítica e indicações ao Globo de Ouro e Screen Actors Guild.No dia anterior à divulgação dos indicados, a atriz estava na estreia do filme em Los Angeles e respondeu perguntas sobre o assunto.

Publicidade

Ela afirmou que iria ficar a manhã inteira na cama, durante o anúncio, para não "se torturar" assistindo. Algumas pessoas no Twitter afirmaram que Jennifer Aniston ficou muito confiante antes da hora.

Foxcatcher

Ninguém esperava que um filme que foi amplamente ignorado pelas premiações anteriores recebesse cinco indicações. O filme tem indicações nas categorias de melhor ator (Steve Carell), melhor ator coadjuvante (Mark Ruffalo), melhor direção (Bennett Miller, com a indicação que foi a maior surpresa), maquiagem e figurino e roteiro original.

Jake Gyllenhaal

Nenhum amor para o desempenho mais esquisito do ano. Parecia improvável que um filme indie que estreou no Halloween fosse ter algum apelo para a Academia meses depois. Mesmo assim, nós ainda tínhamos esperanças, baseadas nas indicações ao Globo de Ouro e SAG Award, que Gyllenhaal conseguiria concorrer ao Oscar baseado na força de sua total transformação em um sociopata sombrio.

Uma Aventura Lego

Nem tudo são flores.

Publicidade

"Uma Aventura Lego" pode ter ganhado rios de dinheiro em bilheteria e alta aceitação entre o público, mas isso não garantiu indicação ao Oscar. O filme perdeu espaço para "Como Treinar o Seu Dragão 2", "Operação Big Hero" e outras animações mais artísticas como "The Tale of the Princess Kaguya", "Os Boxtrolls" e "Song of the sea". Já que "Uma Aventura Lego" não pode levar o Oscar, seria uma ótima surpresa assistir alguma dessas animações menos mainstream levar o prêmio. 

Laura Dern

Essa foi uma das melhores surpresas da lista. O desempenho de Laura Dern em "Livre" foi impressionante, cheios de nuances e fez com que seu papel como mãe da atriz Reese Witherspoon (que é apenas nove anos mais nova) fosse convincente. Mesmo com uma ótima interpretação, ninguém esperava a indicação de Dern, já que ela aparece por pouco tempo no filme, diferente de Jessica Chastain que foi esnobada na categoria. 

Melhor música 

A Academia optou pelo caminho mais óbvio ao deixar de fora canções poderosas e juvenis como a hipnótica "Yellow Flicker Beat" da cantora Lorde ou "Big Eyes" de Lana Del Rey. 

Quem você acha que ficou faltando na lista de indicados? E qual foi a maior surpresa? #Cinema #Curiosidades