A cervejaria Boa resolveu pagar cachê para as celebridades que ela considera estarem mais na #Mídia e que geram polêmicas. Uma delas é a atriz Bruna Marquezine. Segundo fontes, ela pediu R$100 mil para ficar no camarote da cervejaria. Cachê considerado alto para o mercado, mas a marca deseja pagar, pois a atriz está em alta na mídia, tem fama e sucesso, além de ter namorado o jogador Neymar e atualmente namora o modelo Márlon Teixeira. 

E outro que poderá estar no camarote da Boa é Chay Suede, que pediu o cachê de R$50 mil para marcar presença. Tempos atrás, uma vaga nos camarotes de cervejas eram bem disputadas e a fabricante (Ambev) se recusava a pagar cachê para os #Famosos, mas os tempos são outros, os artistas são convidados para outros eventos, participações, festas e para não correr risco eles pagam os cachês pedidos. 

O carnaval é uma grande festa, logo, os camarotes ficam cheios, inclusive, com muitos famosos, para a alegria da imprensa, que publica notícias sobre as celebridades para o público que os acompanham. É por isso que para as marcas é importante ter os seus camarotes com nomes de celebridades e famosos, e a imprensa nacional e internacional ficam de olho nos acontecimentos. Há muitos comentários, fofocas, polêmicas envolvendo tudo e todos. E o público quer saber: Quem ficou com quem, quem terminou com quem e com que roupa, decote, estavam?

Muitos jornalistas e paparazzis ficam a postos nos eventos para passar a informação em primeira mão. E para eles, quanto mais polêmicas envolverem o nome dos famosos, melhor. E ter uma celebridade, um famoso em seu camarote levando o nome de sua marca é muito rentável, principalmente para uma marca de cerveja, todos vão querer experimentar, e gera para a publicidade um gostinho e sabor a mais. 

E Bruna está cotada para a próxima novela das sete na Globo junto com Tatá Werneck. Estiveram na emissora onde farão ´I love paraisópolis´. E assim Marquezine está mais cotada do que nunca, e está bem: no amor, no trabalho, na fama, no sucesso, e tudo bem natural sem exibicionismos, mas com talento. E assim ela segue o fluxo normal da vida, com sua alegria, espontaneidade e entusiasmo, mostrando que a juventude é para ser vívida, com todas as suas nuances, mas com muita responsabilidade.