O álbum "1989" de Taylor Swift, lançado em 27 de outubro de 2014, completou a décima semana no topo da Billboard. Seu álbum "Fearless", lançado em 11 de novembro de 2008, ficou por onze semanas no topo da lista, entre 2008 e 2009. A lista foi divulgada quinta-feira (5) pela revista Time.

"1989" apareceu no topo da lista com venda de 71 mil cópias e 302 mil músicas baixadas apenas nesta semana. Esses números colocam Taylor Swift atrás da cantora Whitney Houston, que conta com três álbuns com pelo menos dez semanas no topo da lista. As duas são as únicas mulheres a conseguir esse feito até hoje. Ao contar também os homens, apenas sete artistas conseguiram atingir essa marca.

Publicidade
Publicidade

 

Na mesma lista dos CDs de maior sucesso da semana, está Ed Sheeran em segundo lugar, com o seu álbum "X", e Meghan Trainor, em terceiro lugar com o álbum "Title". A lista é divulgada todas as semanas pela Billboard e serve como um termômetro que mede o sucesso e popularidade de músicos nos Estados Unidos.

Tradicionalmente, a lista é divulgada todas as quintas-feiras, com todos os 200 álbuns mais vendidos durante o período. Além de calcular as vendas do CD, a Billboard também leva em conta quantidade de músicas baixadas e streaming online, como Deezer, Spotify e Youtube.

De acordo com Nielsen Soundscan, o CD de Taylor Swift foi o mais vendido de 2014 nos Estados Unidos. Até hoje, "1989" vendeu mais de quatro milhões de cópias apenas nos Estados Unidos. A cantora já lançou dois singles do álbum, Shake it off e Blank space; os dois conseguiram atingir o primeiro lugar na lista da Billboard com os maiores sucessos da semana.

Publicidade

Resta saber se o terceiro single do CD, Style, que será lançado dia 10 de fevereiro, também atingirá essas impressionantes marcas. 

A turnê mundial de promoção do CD irá começar dia 5 de maio de 2015, em Tóquio, Japão. O show, que terá performance da banda HAIM em todas as apresentações dos Estados Unidos, passará por diversas cidades da Europa e América do Norte, antes de terminar na Austrália em dezembro de 2015. Nenhum show no Brasil foi confirmado.  #Entretenimento #Música