No Brasil, a brincadeira com gás hélio para mudar a voz se tornou bastante popular em alguns programas de #Televisão, mas o que era pra ser só uma brincadeira pode trazer sérios riscos para a saúde. A inalação de gás hélio pode causar tontura, ânsia e dores de cabeça. No Japão, uma cantora mirim entrou em coma logo depois de participar da brincadeira em um programa de televisão.

No dia 28 de janeiro, ela gravou o programa junto aos demais integrantes do grupo pop 3B Júnior. A brincadeira consistia em inalar gás hélio durante o jogo para mudar a própria voz. Logo depois de brincar, ela ficou inconsciente e foi levada para o hospital.

Publicidade
Publicidade

O nome da cantora mirim não foi revelado. Os médicos acreditam que a menina sofreu uma embolia gasosa e por isso o fornecimento de sangue para o cérebro ficou restrito. De acordo com o jornal Japan Today, a cantora saiu do coma na última quinta-feira (5), porém acordou sem conseguir falar claramente e com movimentação limitada.

A TV Asahi, emissora que gravou o jogo com a cantora, pediu desculpas em rede nacional. Segundo eles, na lata de gás hélio usado no jogo continha a especificação do uso apenas em adultos, mas os produtores só viram o alerta depois que a menina já tinha passado mal.

Toru Takeda, diretor executivo do canal, informou que está sendo realizada uma investigação interna sobre o que aconteceu e que adiou o anúncio do incidente na expectativa que a cantora se recuperasse.

Publicidade

O assunto só veio à tona quando os médicos confirmaram que a saúde dela estava melhorando e depois que os pais permitiram a divulgação.

Ainda segundo Takeda, o programa 3B Junior Stardust Shoji deveria ir ao ar no dia 24 de fevereiro, mas depois do ocorrido, a temporada seja encerrada antes do previsto.

O 3B Junior é bastante popular no Japão e é composto por mais de 20 cantoras com idades até 16 anos. Em declaração do site oficial do grupo, a banda publicou que todos estão rezando pela rápida recuperação da cantora e que estão sentindo muito pelo que aconteceu.