Sniper Americano vai dividir as opiniões. Uns vão achar patriota demais, outros vão achar tenso e denso. Mas a única certeza é que o filme tem muito potencial, tanto de bilheteria como de qualidade. Sem contar que a atuação de Bradley Cooper é de uma qualidade respeitável e que impressiona.


O filme é adaptação do livro de mesmo nome que mostra a história do franco-atirador Chris Kyle, combatente na guerra do Iraque e que, para os americanos, é considerado um herói, já que em seu histórico militar constam cerca de 160 mortes atribuídas a ele. Porém, a história de Kyle vai muito além disso. Vemos desde sua infância, um menino cuja a criação dada pelo pai foi de sempre defender a si e seu irmão, mesmo que tenha que usar de violência gratuita em muitas ocasiões, personalidade que ele levou consigo para o campo de batalha e vida pessoal.


O grande problema encontrado em Sniper Americano é que ele mostra uma visão da guerra do Iraque totalmente americanizada. Portanto, muito do que vemos é o esteriótipo criado em torno dos iraquianos. Mas isso não pode tirar o brilho que o filme traz. A direção de Clint Eastwood consegue manter o clímax de tensão até mesmo em situações fora do campo de combate, além de explorar o lado humano de Kyle e como a guerra mexe com a cabeça dos combatentes. E, como mencionado anteriormente, Bradley Cooper tem a melhor atuação da sua carreira, pois além da sua semelhança física com o atirador real, consegue interpretar um papel que não é muito fácil nem mesmo para grandes atores do #Cinema, por conta da complexidade e personalidade forte do personagem.


Para o público brasileiro e do resto do mundo, Sniper Americano pode ser apenas mais um filme de guerra, com boa qualidade técnica e boas representações. Contudo, mesmo com alguns defeitos, possui um aspecto histórico que deve ser conhecido, já que o atentado de 11 de setembro mexeu nas estruturas do mundo moderno que temos hoje. E um filme de Clint Eastwood nunca deve ser ignorado, mesmo que apele e muito à questão nacionalista.
#Entretenimento