Pouco antes de sua lamentada morte, no último dia 27 de fevereiro, o ator, cineasta, pintor, fotografo e poeta, Lenard Nimoy, deixou uma emocionante reflexão sobre a vida, para mais de 1,2 milhões de seguidores no twitter.

Muito além do papel que o consagrou eternamente na televisão e no #Cinema como o Sr. Spock de 'Jornada nas Estrelas', Leonard possuía muitas outras facetas, dentre elas, a poesia. Além de livros, como o clássico de 1975 "Eu não sou Spock" e seu irônico oposto de 1995 "Eu sou Spock", Leonard publicou também sete livros de poesia.

Apenas quatro dias antes da sua morte, ele deixou em seu twitter a seguinte mensagem: "A vida é um jardim.

Publicidade
Publicidade

Podemos ter perfeitos momentos, mas não podemos preservá-los, exceto em nossas memórias". Como em todas as suas postagens, Leonard encerrou com as siglas "LLAP", referência em inglês para a saudação da terra natal de seu personagem ficcional do cinema, que quer dizer: "Vida longa e próspera". A mensagem publicada em sua conta oficial do Twitter foi compartilhada 280 mil vezes e curtida por outras 200 mil pessoas.

Apesar da frieza de seu personagem, conhecido por agir sem emoções, Nimoy dedicou muitos anos de sua vida pregando o oposto através de sua literatura. Suas maiores inspirações como poeta foram a vida e o amor. Publicou títulos como: "Aquecidos pelo amor" em 1983, "Venha ficar comigo" em 1978 e "Somos todos crianças buscando pelo amor" em 1977.

Ciente de suas condições de saúde, em Janeiro, Nimoy usou seu twitter para deixar um sério apelo a todos os seus fãs: "Não fume.

Publicidade

Eu fiz. Desejava nunca ter feito. LLAP". O ator morreu por complicações de uma doença pulmonar crônica obstrutiva, frequentemente associada ao consumo do cigarro. A doença que causa falta de ar, insuficiência respiratória e fadiga, é reconhecida como uma das maiores causas de morte no Brasil, segundo o Ministério da Saúde. Acredita-se que a doença tenha sido o principal motivo de Nimoy levar uma vida mais reservada nos últimos anos.

Leonard Nimoy era casado com a atriz Susan Bay e teve três filhos. Partiu aos 83 anos, após uma vida longa e próspera. #Famosos #Seriados